Tamanho do texto

Nova linha de modelos elétricos da marca alemã também terá hatch e até uma versão do século XXI da Kombi. Saiba mais detalhes

Volkswagen I.D Crozz: o SUV que vai fazer parte da nova família de elétricos da VW, que terá hatch, van , entre outros
Divulgação
Volkswagen I.D Crozz: o SUV que vai fazer parte da nova família de elétricos da VW, que terá hatch, van , entre outros

A Volkswagen confirma que vai lançar seu segundo SUV elétrico, cuja inspiração será nos modelos T-Roc e Tiguan. Segundo declarações oficiais, o novo modelo terá 300 cv e 480 km de autonomia, números bastante impressionantes entre os carros elétricos de hoje em dia. Além disso, falam na vinda de um hatch elétrico de 168 cv, junto com o lançamento da 8ª geração do Golf, que receberá o nome de I.D hatch e será capaz de percorrer entre 400 km e 600 km sem qualquer recarga, dependendo das especificações que o cliente escolher.

LEIA MAIS: Volkswagen terá o primeiro SUV compacto e elétrico em meados de 2020

Ainda sem qualquer imagem que ilustre a “cara” dos dois carros futuristas, o que se espera do SUV é uma similaridade ao primeiro deles, o I.D Crozz. No fundo, o que acontece para a Volkswagen  prometer a vinda desses elétricos, além da nova Kombi (I.D Buzz), movida por baterias, é a vontade de se redimir quanto ao escândalo das fraudes de emissões de poluentes, que se passou em 2015. Para o Brasil, o que a marca alemã confirma é a vinda de duas versões do Golf, a híbrida (Golf GTE) e outra elétrico (e-Golf).

LEIA MAIS: Volkswagen Golf será vendido nas versões elétrica e híbrida no Brasil

O primeiro SUV elétrico da Volkswagen

Retomando o assunto dos SUVs elétricos da Volkswagen, está confirmado que a versão de produção do SUV conceitual I.D Crozz será o primeiro veículo do grupo a utilizar a nova plataforma MEB. De acordo com o site Automotive News, a confirmação da produção do ID Crozz sugere que a Volkswagen está mirando um elevado volume de vendas ao estipular a Tesla como alvo principal. O modelo alemão, porém, tem o objetivo de ser mais em conta que os da Tesla.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma que vai produzir a nova geração da Kombi

É claro que, até 2020, data que a Volkswagen estipula para o seu lançamento, o cenário esconde muitas surpresas, como um novo Tesla chamado Model Y, que surgirá como uma opção mais barata que o Model 3. Sejam os SUVs elétricos, a Kombi elétrica e até o sucessor do novo Fusca, que será movido à eletricidade, a fabricante está a todo vapor, ou melhor, estão botando todas as energias para seu futuro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.