Tamanho do texto

São 1.918 unidades que deverão comparecer a uma das concessionárias da marca francesa. Trata-se da segunda convocação em 7 meses

Renault Kwid: segundo recall desde que o carro chegou às concessionárias da marca em agosto do ano passado
Divulgação
Renault Kwid: segundo recall desde que o carro chegou às concessionárias da marca em agosto do ano passado

Depois do recall que envolveu praticamente todas as unidades fabricadas do Renault Kwid, agora o subcompacto da marca francesa passa por outra campanha de convocação que inclui 1.918 unidades, fabricadas entre 9 e 16 de setembro de 2017 ( com numeração de chassi de JJ003408 a JJ998344), por uma possível falha na solda do berço do motor. De acordo com a fabricante, existe a possibilidade do componente se romper, prejudicando a dirigibilidade e oferecendo risco de acidente.

LEIA MAIS: Renault anuncia recall de todos os Kwid vendidos desde seu lançamento

A marca ainda informa que a verificação ou a troca dos itens necessários do Renault Kwid será gratuita e que os serviços realizados levam cerca de 3h30 para serem efetuados. É necessário agendamento e os clientes têm a disposição o serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) no telefone 0800-0555615 ou pelo site da Renault. 

Trata-se do segundo recall do Kwid  desde agosto do ano passado, quando o carro chegou às lojas. No fim de novembro último, a Renault fez o primeiro recall que envolveu, na época, 21.802 unidades do Kwid pela possibilidade de aparecerem rachaduras nos freios e perfuração no tubo de combustível, ocasionando vazamentos, o que pode causar acidentes e danos tanto aos ocupantes do veículo quanto em terceiros. 

LEIA MAIS: Renault Kwid: o segredo para emplacar mais de 10 mil carros em setembro

Ainda não deslachou nas vendas

O Kwid chegou ao mercado brasileiro com a promessa de ajudar a Renault a ter entre 8% e 10% de participação no mercado. Em 2017, a marca francesa chegou mesmo aos 8%, considerando apenas as vendas de automóveis, de acordo com o balanço da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos).

LEIA MAIS: Renault Kwid enfrenta o rival Fiat Mobi, mas não tem vida fácil

Entretanto, as vendas doi Kwid têm se mantido no mesmo patamar do VW Up! e bem abaixo do Fiat Mobi, seu outro rival.  O Renault teve 2.818 unidades vendidas em dezembro, ante 2.733 do Volkswagen e 4.799 do Fiat.  De acordo com a marca francesa, ainda não é possível saber se esse patamar será mantido ao longo do ano ou se vai aumentar, o que ficará mais claro apenas durante 2018.

A questão da produção de peças para suprir a demanda causada pelo primeiro recall do Renault Kwid tem atrasado a entrega de algumas unidades do modelo, mas a fabricante já trabalha com um terceiro turno de produção para solucionar isso e atender aos pedidos nas concessionárias. Ainda conforme a marca francesa, tudo o que foi fabricado até dezembro último foi vendido. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.