Tamanho do texto

A picape - que promete diversão ao volante - recebe melhorias na suspensão, para aprimorar a robustez e habilidades off-road, além de estilo esportivo

Ford Ranger Raptor: picape ganhou mais robustez, habilidades off-road, força, potência e fome por trilhas
Divulgação
Ford Ranger Raptor: picape ganhou mais robustez, habilidades off-road, força, potência e fome por trilhas

O Ford Ranger recebe nova versão, mais esportiva, vindo do “irmão” maior F-150: a Raptor. Seu desenvolvimento se passou na Austrália, com auxílio da equipe norte americana da montadora, que teve a preocupação de conferir mais robustez, habilidades off-road, força para reboques e potência para devorar qualquer ambiente. Para isso, o conjunto de suspensão recebe reforços por meio de molas mais resistentes e com mais amplitude de contração, o que permite, junto aos pneus todo o terreno, que a picape circule por locais acidentados com menos dificuldade.

LEIA MAIS: SEMA Show ganha mais uma atração: uma nada discreta picape Ford de 6 rodas

O Ford Ranger Raptor conta com para-choque mais resistente do que o que equipa o modelo convencional, com faróis de neblina em LED e passagens de ar projetadas para reduzir o arrasto aerodinâmico. Enquanto seu motor é um quatro cilindros, a diesel, com dois turbocompressores, que produz 210 cv e 50 kgfm. Funciona com câmbio automático, de 10 marchas. Assim como no F-150 Raptor, o Ranger conta com o modo Baja, que otimiza as respostas no acelerador, trocas de marcha e entrega da potência, pelo gerenciamento da tração 4x4.

LEIA MAIS: Ford Ranger reestilizada é vista sem nenhuma camuflagem na Tailândia

Diversão ao volante

Segundo Damien Ross, chefe do departamento de engenharia da Ford: “a melhor experiência que se pode ter ao dirigir o Ranger Raptor é você conseguir extrair o máximo de seu potencial off-road. Quanto mais, melhor. Ao comparar a picape com qualquer outro rival, ambos sendo levados ao limite, é que se percebe todo o esforço da subdivisão de alto desempenho da Ford”.

LEIA MAIS: Conheça 5 picapes seminovas que valem a pena e custam até R$ 60 mil

Até o momento, a marca americana não revelou em quais mercados o Ford Ranger Raptor será vendido, além da Austrália e Tailândia. Já foi flagrado circulando nos EUA, onde a picape média voltará a ser vendida (e com novo design), como uma rival do Chevrolet Colorado ZR2. Nos resta, somente, torcer para que os executivos da Ford do Brasil acordem com espírito aventureiro e vontade de se divertir para, assim, trazerem um Raptor pela primeira vez.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.