Tamanho do texto

Modelo virá para brigar com Hyundai Santa Fe, Kia Sorento e modelos de sete lugares, como Toyota SW4 e Peugeot 5008

Volkswagen Tiguan Allspace
Volkswagen Tiguan Allspace
Volkswagen Tiguan Allspace

Dia turbulento para a Volkswagen. Ao mesmo tempo que o novo Touareg é apresentado na China com passaporte carimbado para o Brasil, a marca anuncia a chegada do novo Tiguan Allspace com opções de cinco e sete lugares. O modelo começa a chegar nas concessionárias no mês que vem.

LEIA MAIS: Confirmado para o Brasil, Volkswagen Touareg é revelado na China

Até as últimas movimentações da Volks, existia a chance do novo Tiguan ser vendido no Brasil junto do modelo atual. A versão chegou até a ganhar um nome. Se chamaria Limited, com motor 1.4 TSI de 150 cv de potência. A marca, entretanto, optou por abortar o projeto. Apenas a nova geração do Volkswagen Tiguan Allspace será vendida no Brasil, também importada do México.

Volkswagen Tiguan Allspace durante sua apresentação, na comemoração de 65 anos da marca no Brasil
Carlos Guimarães/iG
Volkswagen Tiguan Allspace durante sua apresentação, na comemoração de 65 anos da marca no Brasil

Com a chegada do novo VW Tiguan AllSpace, o modelo cresce em dimensões e passa a concorrer com modelos como Santa Fe e Sorento. O modelo da Kia está confirmado para o Brasil, enquanto o Hyundai continua em fase de testes. Ainda entre os SUVs de sete lugares que o novo Volkswagen vai ter que enfrentar no mercado podem ser incluídos Toyota SW4, Peugeot 5008 e Chevrolet Trailblazer.

LEIA MAIS: Jeep planeja novo SUV abaixo do Renegade para o Brasil

O VW Tiguan Allspace tem 47 centímetros a mais que o atual, de cinco lugares, chegando nos 4,90 metros de comprimento. No entre-eixos, são 11 cm a mais, o que é suficiente para atingir 2,72 metros. O porta-malas tem 750 litros de capacidade, 57% mais que o modelo a ser descontinuado. Conforme a marca, a segunda fileira de bancos pode ser movida em até 17 centímetros, para aumentar o espaço de quem vai na última fila, e tem rebatimento tripartido. E a terceira fileira pode ser guardada no chão do porta-malas.

Vamos falar da mecânica! O novo Tiguan chega ao Brasil com apelo esportivo, equipado com motor 1.4 TSI de 150 cv na versão de cinco lugares e 2.0 TSI de 220 cv na opção com sete, que funciona com câmbio sequencial de dupla embreagem, junto da tração 4Motion integral. Nossos hermanos da Argentina possuem ainda uma opção 2.0 de 150 cv com motorização diesel. Apesar de não ser vendido no Brasil por conta da legislação, vale ser mencionado.

É muito SUV!

Volkswagen Tarek: novo SUV médio estreia em agosto, na China, e tem primeiro esboço revelado
Divulgação
Volkswagen Tarek: novo SUV médio estreia em agosto, na China, e tem primeiro esboço revelado

A Volkswagen demorou muito tempo para entrar na onda dos SUVs de cabeça. Num mercado em que todas as marcas já possuem longevos representantes, a marca alemã busca a redenção com um investimento maciço no segmento. Depois do Tiguan, teremos a chegada do Volkswagen T-Cross, que irá brigar no mesmo segmento de Jeep Renegade, Honda HR-V, Hyundai Creta e companhia. De olho nas vendas do Compass, a marca também confirmou a chegada de um novo SUV médio. Ele se chamará Tarek, e será importado da Argentina.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma que terá versão menor do SUV Atlas

Volkswagen T-Cross: o SUV do Novo Polo será fabricado no Brasil. Brigará com os SUVs compactos
Divulgação
Volkswagen T-Cross: o SUV do Novo Polo será fabricado no Brasil. Brigará com os SUVs compactos

Acha que é muito lançamento? O Tarek é apenas uma parte da estratégia da Volkswagen de lançar 20 utilitários esportivos até 2020. É previsto que, daqui a dois anos, o segmento represente 40% das vendas, subindo dos 10% atuais. Além dele, também podemos antecipar a chegada do grandalhão Atlas, que chegará ao Brasil com o nome Teramont.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.