Tamanho do texto

Novo rival de Jeep Renegade, Honda HR-V, Nissan Kicks e companhia chega às concessionárias no segundo semestre de 2018

Citroën C4 Cactus será fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro, e também será importado para a Argentina
Divulgação
Citroën C4 Cactus será fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro, e também será importado para a Argentina

A Citroën revela as primeiras imagens oficiais do C4 Cactus nacional, SUV que virá para brigar com VW T-Cross, Nissan Kicks, Jeep Compass e o irmão Peugeot 2008. O modelo virá com algumas diferenças pontuais em relação ao Cactus europeu, que também é vendido na Argentina. Feito em Porto Real (RJ) chega às lojas brasileiras no segundo semestre.

LEIA MAIS: Flagra! VW Tarek, futuro rival do Jeep Compass, surge sem camuflagem

Os polêmicos “air-bumps”, ou bolsões de ar que ganhavam parte da lateral do carro, foram retirados para dar ao Citroën  C4 Cactus uma aparência mais conservadora. Testes realizados na Europa comprovaram a efetividade dos bolsões na proteção de batidas leves, como colisão de carrinhos de supermercados e outros objetos simples. Mesmo assim, a Citroën optou por retirá-los até no velho continente.

Apenas o teto é customizável, diferentemente do Nissan Kicks que permite colorir também a coluna C
Divulgação
Apenas o teto é customizável, diferentemente do Nissan Kicks que permite colorir também a coluna C

Entre outros destaques, o teto também poderá ter cores diferentes em relação à carroceria, assim como já acontece no Nissan Kicks e até o irmão 3008. Detalhes sobre as combinações de cores possíveis, entretanto, ainda não foram revelados. Na Europa, o vidro traseiro é apenas basculante, o que não acontecerá no modelo brasileiro.

LEIA MAIS: Hyundai Tucson renovado é visto sem disfarces antes da estreia

O interior continua sendo um mistério, mas podemos ver um pouco do cluster através dos vidros escurecidos. Aparentemente, a Citroën apostará no mesmo painel de instrumentos do novo C4 Lounge. Se isso se concretizar, o Cactus virá com uma tela digital bicolor com conta-giros na parte superior e mostrador de velocidade ao centro. Ao menos no sedã, poucas funções são customizáveis.

Seu interior será diferente do modelo europeu, contanto com cluster semelhante ao do C4 Lounge renovado
Divulgação
Seu interior será diferente do modelo europeu, contanto com cluster semelhante ao do C4 Lounge renovado

A motorização também não foi confirmada, mas de acordo com o site Autos Segredos, o Cactus nacional terá os mesmos motores 1.6 do Peugeot 2008, contando com a opção aspirada de 122 cv e turbo até 173 cv.

Três novos SUVs até 2019

Sucesso na Ásia, o SUV KX3 é um dos símbolos da  Kia em sua reestruturação no Brasil
Divulgação
Sucesso na Ásia, o SUV KX3 é um dos símbolos da Kia em sua reestruturação no Brasil

Qualquer analogia com uma enchente não é um mero exagero da significação linguística. No início do ano, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos) projetou que o segmento de SUVs poderia corresponder a 25% das vendas gerais no Brasil em 2018. Os números fizeram jus às expectativas, com 22,7% do apanhado já no último mês, conforme o levantamento da Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos).

LEIA MAIS: SsangYong revela o preço de todos os seus veículos no Brasil

No mesmo segmento do Cactus, os novos SsangYong Tivoli e XLV chegam às concessionárias ainda este mês com preços confirmados. O primeiro custará R$ 84.990, e sua versão alongada ficará na casa dos R$ 97.990. Em seguida, teremos o lançamento do novo T-Cross. Feito sob a base do Polo, o SUV virá como uma das armas mais importantes da Volkswagen em seu objetivo de retomar a liderança no País. Chega no primeiro trimestre de 2019.

A Kia, uma das marcas mais prejudicadas pelo atual regime automotivo, também tem uma carta na manga para um SUV abaixo do Sportage. Inicialmente, a marca pretendia trazer o Stonic. Os planos mudaram, e a bola da vez é o KX3. Conforme apurado por nossa reportagem, dificilmente será vendido com esse nome por aqui. Ainda não há data de lançamento para o novo rival do Citroën C4 Cactus ser vendido no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.