Tamanho do texto

Como sempre, as melhorias em relação aos Mercedes-Benz convencionais começa no motor. Entretanto, a estética também ganha esportividade

Mercedes-Benz Classe X Brabus: A picape virá como uma opção exclusiva e mais apimentada ao Classe X comum
Divulgação
Mercedes-Benz Classe X Brabus: A picape virá como uma opção exclusiva e mais apimentada ao Classe X comum

O Mercedes-Benz Classe X, a primeira picape média da história da marca, é revelada na versão Brabus, envenenada e fora-de-série. Como sempre, as melhorias têm início sob o capô. A partir do modelo X 250d, os engenheiros aprimoraram o desempenho do motor turbo diesel de 2,3 litros em 21 cv e 6 kgfm adicionais. O resultado é um total de 211 cv e 51 kgfm de torque máximo.E a novidade vai chegar ao Brasil, de acordo com o que confirmou a asessoria de imprensa da preparadora no País. 

LEIA MAIS: O "monstro" alemão Mercedes-Benz E63 AMG Brabus 800 virá ao Brasil em julho

E a picape esportiva vai chegar ao Brasil, de acordo com o que confirmou a assessoria de imprensa da preparadora no País. Entretanto, perguntada pela reportagem de iG Carros sobre os preços do modelo, disseram que ainda não há nenhuma informação a respeito, mesmo porque não haverá unidades em showroom, uma vez que todas serão customizadas de acordo com o gosto de cada cliente, o que acaba variando o valor da picape. 

Em geral, o visual do Mercedes-Benz Classe X Brabus conta com a grade dianteira saliente, os faróis relativamente estreitos com um filete de LED, largos para-lamas e lanternas traseiras simples e verticais. Marcadores laterais de LED integrados, um novo módulo de iluminação instalado no teto, as quatro saídas de escape esportivo e as rodas de 20 polegadas dão os retoques finais.

Equipamentos

Tal como todos os Classe X, a versão Brabus é equipada com iluminação na caçamba, que também vai ter tomada de 12 Volts que pode ser usado para ligar acessórios. Além disso, outro detalhe interessante fica por conta do para-choque traseiro, que pode ser removido para que a tampa da caçamba abra em um ângulo de 180°, facilitando as operações de carga e descarga.

LEIA MAIS: Mercedes revela o novo Classe A, hatch que será mostrado no Salão de Genebra

Traseira tem desenho simples, seguindo o estilo adotado nas
Divulgação
Traseira tem desenho simples, seguindo o estilo adotado nas "irmãs" Nissan Frontier e Renault Alaskan

O interior segue o mesmo estilo dos utilitários esportivos da marca (GLC, GLE e GLS). O volante é de três raios, multifuncional, e o painel vem com saídas de ar cromadas. Nas versões mais simples, os bancos são revestidos de tecido e as mais equipadas contam com couro. Entre os opcionais, a Mercedes vai oferecer sistema multimídia com tela de 8,4 polegadas.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz GLC Coupé 250 4MATIC agrada pelo seu design e o desempenho

A versão convencional pode carregar 1,2 tonelada e rebocar até 3,4 toneladas, o que é suficiente para levar um trailer. A distância livre do solo é de 20,2 cm, o ângulo de ataque é de 30.1°e o de saída 25.9°. Na Europa, a Mercedes Classe X comeca a ser vendida em novembro pelo preço sugerido que parte de 37.294 euros (o que equivale a cerca de R$ 136 mil numa conversão simples).

LEIA MAIS: Mercedes-AMG Project One é o hiper-carro mais insano do Salão de Frankfurt

As solicitações pessoais de todos os clientes serão encomendadas com uma série de combinações para o interior que, incluem detalhes como soleiras de aço, pedais e apoiadores para os pés, ambos em alumínio. A Strasse irá disponibilizar o kit com as modificações de desempenho e estéticas somente com a chegada do modelo ao Brasil. A versão convencional do Mercedes-Benz está prevista para chegar ao País no fim de 2019.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.