Tamanho do texto

Além da Doblò, a Fiat Weekend Adventure carrega traços do passado da marca, antes mesmo do início da FCA. Hoje é uma das poucas peruas à venda

Fiat Weekend Adventure:  perua é vendida com todos os opcionais, incluindo o visual que marcou época
Divulgação
Fiat Weekend Adventure: perua é vendida com todos os opcionais, incluindo o visual que marcou época

Se as peruas já podem ser consideradas um segmento de nicho - com apenas Audi A4 Avant, Mercedes C300 Touring, Volvo V60 e VW Golf Variant como os únicos remanescentes modernos - o Fiat Weekend Adventure (junto com a VW SpaceFox) resiste mais uma vez como a perua mais em conta que se pode comprar, apesar dos mais de 20 anos de mercado.

LEIA MAIS: Nichos de mercado são uma boa aposta para  montadoras e consumidores

A estreia da linha 2019 não só prova que o Fiat Weekend Adventure continuará à venda por ainda mais tempo, como também mostra que a fabricante parece contar com uma maior receita, uma vez que resolveu aumentar o seu preço. Desse modo, passará a custar a partir de R$ 79.290, enquanto a versão mais simples Attractive 1.4 será oferecida apenas para frotistas, por R$ 62.500.

LEIA MAIS: Fiat Uno da linha 2019 chegará com uma série de novidades, já no mês que vem

De série, o modelo Attractive oferece direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, sistema de som com Bluetooth e entrada USB, volante com regulagem de altura e computador de bordo. Entre os opcionais, destacam-se desembaçador com ar quente e ar-condicionado (oferecido por salgados R$ 4.390). A potência de 88 cv vem do o motor 1.4 Fire Evo, que trabalha em conjunto a um câmbio manual de 5 marchas.

LEIA MAIS: Fiat Mobi 2019 ganha versão mais em conta

Já a versão Adventure é a mais completa. Oferece vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, volante revestido em couro com comandos do rádio e telefone, ar-condicionado, direção hidráulica, roda de liga aro 16“ e computador de bordo. O único opcional é o sistema Locker, um blocante de diferencial para aumentar a capacidade da perua sair de atoleiros. Neste caso, o motor já é o mais moderno 1.8 E.torQ, com potência de 132 cv. Enquanto isso, o câmbio é apenas manual de 5 marchas, já que o automatizado Dualogic deixou de ser oferecido.

LEIA MAIS: Relembre 5 carros que foram fracassos de vendas no Brasil

Não largam o osso

Fiat Doblò faz o par com o Weekend,  que como poucos, passam dos 15 anos de atividade no mercado
Divulgação
Fiat Doblò faz o par com o Weekend, que como poucos, passam dos 15 anos de atividade no mercado

Muitos esperavam a descontinuidade da multivan Doblò (que também se segura firmemente na fábrica) já no ano passado, quando linha da Fiat passou por seu processo de renovação no Brasil. Com a chegada de Mobi, Cronos e Argo, o Palio Fire deixou de ser oferecido, assim como uma série de outros modelos, como Linea, Bravo, Idea e Punto.

Além disso, vale ressaltar a presença de duas picapes na lista dos 10 carros mais vendidos da primeira quinzena de junho. E as duas da Fiat: Toro em quarto lugar (2.519 vendas) e Fiat Strada em sexto (2.372).

LEIA MAIS: Dobradinha das picapes Toro e Strada no mês da Copa

Não só se destacam esses resultados (muito expressivos pelas vendas à frotistas) e a continuidade da perua Fiat Weekend Adventure , como também as vendas para o grupo comercial foram suficientes inclusive para turbinar os emplacamentos dos SUVs Compass e Renegade, da Jeep. No segmento de comerciais leves, onde estão Toro e Fiat Strada, as vendas diretas chegam a representar 62% do mercado (valor de janeiro a maio). De janeiro a maio, a Toro teve 11.400 vendas diretas e 7.708 nas concessionárias. No caso da Strada, foram 17.496 vendas diretas e apenas 2.507 nas revendas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.