Tamanho do texto

Eles serão elétricos, autônomos e compartilhados. Dependendo do seu perfil, você nem precisará mais de um

É muito difícil prever o que está por vir. Ao longo do film e De Volta Para o Futuro 2  (1989), por exemplo, foi imaginado que no ano de 2015 já teríamos skates flutuantes, propagandas holográficas e roupas super tecnológicas. Passou longe da realidade, mas vale o exagero de uma comédia muito divertida de se assistir. Quando falamos do futuro dos carros, por outro lado, a situação é bem diferente.

LEIA MAIS: Andamos no novo Ford Ka Sedan 2019, em sua nova versão Titanium

Estamos engatinhando para o futuro, mas já é possível ter uma noção do que está sendo desenvolvido pela indústria quando tratamos não apenas de automóveis, mas também da mobilidade urbana como um todo. Partindo disso, a reportagem do iG lista cinco inovações tecnológicas que estão traçando o caminho para o futuro dos carros .

1 - Carro por assinatura

No futuro dos carros, você nem precisará ter um. A assinatura por montadoras será uma realidade
Divulgação
No futuro dos carros, você nem precisará ter um. A assinatura por montadoras será uma realidade

Algumas montadoras já trabalham com a ideia de se ter uma assinatura ao invés de um modelo individual, ainda que isso esteja se desenvolvendo aos poucos nos países desenvolvidos. Vai usar o carro apenas para ir ao trabalho durante a semana? Escolha um hatchback compacto, por serem econômicos, dinâmicos e fáceis de estacionar.

Para uma viagem no fim de semana, o sedã médio poderá ser uma ótima escolha. Há espaço suficiente para os passageiros do banco traseiro, e boa capacidade de porta-malas. Em uma mudança, ou transporte, será possível escolher uma picape ou qualquer outro veículo utilitário. Basicamente, no futuro, você poderá ter qualquer categoria de carro, de acordo com a sua necessidade naquela semana. Nosso colunista AutoBuzz chamou o fenômeno de “Netflix automotivo”, e você pode conferir mais detalhes no link abaixo.

LEIA MAIS: Netflix dos carros já começou, e pode virar tendência

2 - Compartilhar é viver

O vídeo acima não poderia ser mais explicativo. Antes de uma viagem de trem para outra cidade, o rapaz colocou seu carro à disposição de outros proprietários de Volvo. Estes, aliás, utilizam apenas seus smartphones para destrancar a porta, dar a partida e sair dirigindo.

O serviço funciona como uma locadora, com a diferença de que você estará alugando o carro particular de outra pessoa. É um conceito bem interessante, levando em consideração a intuitividade do serviço. O Grupo BMW também desenvolveu o DriveNow, que coloca veículos de sua frota - contando também com carros da Mini - à disposição dos clientes. Neste caso, não são veículos particulares. O aplicativo DriveNow já funciona em diversos países da Europa, incluindo Portugal.

3 - Veículo autônomo

Demonstração do sistema de sensores autônomos desenvolvidos pela Bosch para o futuro dos carros
Divulgação
Demonstração do sistema de sensores autônomos desenvolvidos pela Bosch para o futuro dos carros

O veículo autônomo é um sonho que, recentemente, mostrou-se capaz de virar realidade. Este assunto gerou até mesmo uma lista à parte, quando enumeramos cinco coisas que o carro autônomo poderá fazer por você em um futuro não muito distante. Mas fica aqui um breve resumo do futuro.

Com um carro autônomo, você nunca mais precisará achar uma vaga na rua ou no shopping. Bastará descer onde quiser e programá-lo para procurar por uma vaga sozinho. Outra qualidade que destacamos é a possibilidade de utilizar notebook ou celular “ao volante”. Atualmente, alguns carros já possuem tecnologia semi-autônoma, mas o uso dos aparelhos continua proibido.

A popularização dos veículos autônomos também poderia acarretar em menos acidentes. O Departamento de Segurança Viária dos Estados Unidos publicou um estudo que aponta que 92% dos acidentes de carros no país acontecem por erro humano. Como a aplicação seria gerenciada por um sistema de inteligência artificial, os números poderiam baixar drasticamente. Enfim, para mais detalhes sobre isso, confira nossa lista no link abaixo.

LEIA MAIS: Veja 5 coisas que o carro autônomo poderá fazer por você no futuro

4 - Carros elétricos

O elétrico Chevrolet Bolt EV também está dentro das futuras tendências do futuro dos carros
Divulgação
O elétrico Chevrolet Bolt EV também está dentro das futuras tendências do futuro dos carros

Esta é uma das inovações mais próximas do Brasil. O Rota 2030 finalmente foi aprovado, e um de seus tópicos prevê uma redução generosa do IPI cobrado em veículos autônomos. Se não houver qualquer alteração no que foi proposto pela Anfavea, o imposto cairá de 25% para apenas 7%.

A aprovação do Rota 2030 foi um alívio para diversas montadoras. A Nissan, por exemplo, tem o sonho antigo de vender o Leaf no Brasil. Ele finalmente está confirmado, e deverá chegar ao País no primeiro semestre de 2019. A Chevrolet também se interessou pela eletrificação, e já confirmou que trará o Bolt ao Brasil. Nós, inclusive, já andamos no modelo por alguns dias em São Paulo.

LEIA MAIS: Chevrolet Bolt revela um futuro brilhante sobre carros elétricos

Outra marca que não quer ficar atrás quando falamos de eletrificação é a Volkswagen. A marca alemã já confirmou que trará o e-Golf, bem como a variante híbrida Golf GTE, para o Brasil,  que vaiacontecer em 2019, segundo apurou a reportagem de iG Carros.  As movimentações que mencionamos mostram que você deveria ir se acostumando com a ideia de ter um veículo elétrico no futuro.

5 - Aplicativos de mobilidade

Uber, Cabify e 99 Táxi são aplicativos que ajudam bastante quem precisa se locomover e faz parte do futuro dos carros
Divulgação
Uber, Cabify e 99 Táxi são aplicativos que ajudam bastante quem precisa se locomover e faz parte do futuro dos carros

Seguro, estacionamento, manutenção, impostos e combustível. São vários os custos que devemos considerar quando pensamos em ter um carro. Para algumas pessoas, isso nem chega a fazer mais sentido. Especialistas apontam que apps de transporte como Uber, 99 Táxi e Cabify são mais eficazes para andar curtas distâncias na cidade do que simplesmente ter um carro para uso pessoal.

Dependendo da maneira que você utiliza o seu carro, pode ser melhor que nem precise ter um. Claro, isso muda de pessoa para pessoa. Seria difícil imaginar uma mãe de família que sai do trabalho para buscar os filhos na escola, e ainda precisa passar no mercado para fazer as compras semanais utilizando apenas aplicativos de mobilidade, mesmo que por distâncias curtas. Mas para uma pessoa que tem estilo de vida um pouco mais “individualista”, vale a pena colocar as contas na ponta do lápis para ver se ainda vale a pena ter um carro. Portanto, o que você aprendeu sobre o futuro dos carros após a nossa lista?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.