Tamanho do texto

Confira as nossas primeiras impressões ao volante da nova versão Titanium do sedã compacto que chega bem equipada. Parte de R$ 70.990

Ford Ka Sedan 2019: nova versão topo de linha Titanium chega bem equipada e com novo  conjunto mecânico
Caue Lira/iG
Ford Ka Sedan 2019: nova versão topo de linha Titanium chega bem equipada e com novo conjunto mecânico

A Ford diz que três tópicos marcam a escolha de um carro por parte do consumidor. Um
produto forte, uma marca bem estruturada e a possibilidade de experimentação. Foi dessa
receita que nasceu a atual geração do Ford Ka, em 2015. Com a renovação de todos os
rivais e a chegada de novos, chegou a hora de reinventar o compacto mais vendido da
marca no Brasil. Hoje, a história ganha um novo capítulo na estreia do Ford Ka Sedan 2019,
em Gramado (RS).

LEIA MAIS: Ford lança Ka 2019 com várias mudanças. Veja lista de preços e equipamentos

Alguns podem se perguntar a razão pela qual a marca americana estaria transformando o Ford Ka em um produto mais refinado enquanto o Fiesta está sendo tocado para escanteio. Bem, digamos que o futuro do irmão menor é mais promissor. Nós já aceleramos a versão
aventureira Freestyle, que faz a ponte entre o Ka e os consumidores de EcoSport. Eis que
chega a hora de conhecer o Ford Ka Sedan 2019 .


O perfil é bem diferente em relação ao hatchback. A Ford diz que sem o terceiro volume, o
Ka cativa tanto os homens quanto mulheres, visando um conjunto mais jovem e conectado.
O sedã é essencialmente masculino, para pais de família.

Basicamente, o Ka se aproximou mais ainda de Focus e EcoSport nas versões
mais equipadas. As mudanças nem chegam a ser uma surpresa, se compararmos com o nível
de requinte e maturidade mecânica da dupla VW Virtus e Fiat Cronos. Do hatch, a Ford
trouxe a boa central multimídia Sync 3 e o nível de acabamento. Do EcoSport, temos o
eficiente conjunto mecânico, com motor de três cilindros e câmbio automático de seis
marchas. Inicialmente importado da Índia no utilitário esportivo, o motor passou a ser
fabricado no Brasil.

Para um passeio pelos arredores dos principais pontos turísticos de Gramado (RS), optamos
pela versão Titanium. Foi um trajeto mais rodoviário, com três pessoas no carro. Quem
conhece a Serra Gaúcha sabe que pode ser um caminho desafiador por conta da neblina,
bem como a subida íngreme e cheia de caminhões. Essa ocasião pede por motores e
câmbios mais capacitados, por conta das constantes ultrapassagens e retomadas. Mas o
Ka Sedan cumpriu seu papel.

LEIA MAIS: Ford Ka Freestyle encara linha 2019 de Chevrolet Onix Activ e Hyundai HB20X

O novo motor 1.5 é capaz de render 136 cv de potência e 15,4 kgfm de torque a 4.750 rpm. O motor ainda tem variadores e fase dos comandos de admissão e escape, coletor integrado ao cabeçote e bomba de óleo variável com dois estágios de controle de pressão, dependendo da rotação. O modelo também dispensa o famoso tanquinho de partida a frio - e não se esforçou para despertar com 7° em Gramado.

Nada do mesmo

Detalhes como partida por botão e a nova central multimídia Sync 3 estão entre os destaques do Ford Ka Sedan 2019
Caue Lira/iG
Detalhes como partida por botão e a nova central multimídia Sync 3 estão entre os destaques do Ford Ka Sedan 2019

O Ka passou segurança nas ultrapassagens. Coloquemos isso na
conta do bom câmbio automático que garante retomadas satisfatórias. O aparato é
inteligente nas reduções, entendendo até mesmo quando o veículo está em descendo uma
serra. É chato quando um carro automático passa a marcha deliberadamente em um aclive,
exigindo que o motorista faça a redução de forma manual. No caso do Ka, os dois botões
na alavanca continuam lá. Este é o ponto em que a Ford escorrega. Poderiam ter instalado hastes para troca de marcha atrás do volante, uma vez que tanto motor quanto câmbio são novos.

O Ford Ka Sedan é capaz de levar quatro adultos e uma criança com conforto. Os mais
altos também não vão reclamar da altura do teto, mas o motorista terá que colocar o
assento um pouco à frente para liberar espaço suficiente para os joelhos. A capacidade de
carga no porta-malas é de 445 litros.

Os seis airbags instalados na versão Titanium não deixam dúvidas sobre as intenções da
Ford de recuperar as boas colocações no ranking de segurança. Reforços estruturais
também foram feitos na cabine, podendo melhorar a “nota zero” que o Ka recebeu nos
últimos testes laboratoriais do Latin NCAP, órgão que controla a segurança veicular na
América do Sul.

LEIA MAIS: Ford Ka Freestyle com câmbio automático parte de R$ 67.990

Destaque também para a central multimídia com sistema Sync 3. Ela não permite que
o passageiro conecte o celular no Bluetooth com o carro em movimento por questões de
segurança, mas bastaram poucos segundos no pedágio para fazê-lo. Intuitiva, rápida e com
belos gráficos, fica devendo GPS integrado. Um carro no patamar dos R$ 70 mil já deveria
contar com função de navegação, mas pelo menos há Android Auto e Apple CarPlay para
espelhamento de tela do Waze .

O Ford Ka Sedan 2019 está se esforçando para manter a competitividade em um segmento
disputado. O VW Virtus está vindo com força para tentar superar o atual líder de vendas, o
Chevrolet Prisma. Por R$ 70.990, o Ka é uma boa opção para quem procura um sedã
familiar com porta-malas não tão generoso, mas um bom custo benefício. O valor do
seguro, por exemplo, é favorável a um pai de família com filhos pequenos. De acordo com a
Ford, fica no patamar dos 4% do valor do sedã.

Ficha Técnica

Preço: a partir de R$ 70.990

Motor: 1.5, três cilindros, flex

Potência: 137 cv a 6.500
Torque: 16,2 kgfm a 4.500
Transmissão: automática, seis velocidades
Suspensão: independente (dianteira), eixo de torção (traseira)
Freios: disco ventilado (dianteira), tambor (traseira)
Porta-malas: 445 litros
Tanque: 52 litros
0 a 100 km/h: 10,5 segundos
Consumo: 8,3 km/l (cidade), 9,3 km/l (estrada) com etanol
11,6 km/l (cidade) km/l e 13,4 km/l (estrada) com gasolina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.