Tamanho do texto

SUV será lançado no fim do mês e começa a chegar às lojas em setembro. Será rival de Honda HR-V, Jeep Renegade e companhia

Citroën C4 Cactus já começa a ter as primeiras unidades saindo da linha de montagem em Porto Real (RJ)
Divulgação
Citroën C4 Cactus já começa a ter as primeiras unidades saindo da linha de montagem em Porto Real (RJ)

A Citroën inicia a fabricação do novo utilitário esportivo compacto C4 Cactus na fábrica em Porto Real (RJ). De acordo com a fabricante, o carro levou cerca de três anos para ser desenvolvido e será exportado para diversos mercados latino-americanos. O visual do modelo feito no Brasil será quase igual ao produzido na Espanha. Por fora, uma das diferenças fica por conta das barras na capota para ajudar a levar bagagem extra.

LEIA MAIS: Citroën antecipa detalhes do C4 Cactus, que não estará no Salão do Automóvel

Na lista das principais características do C4 Cactus divulgadas até agora também está incluído o interior com quadro de instrumentos totalmente digital, sistema multimídia com tela sensível ao toque e compatível com Apple Car Play e Android Auto. Além disso, haverá volante com base achatada revestido de couro e equipamentos como partida por botão, controles de estabilidade e tração, câmera de ré, entre outros.

LEIA MAIS: Veja os 5 principais lançamentos para o segundo semestre de 2018

Assim como a versão europeia, a que começa a ser feita no Brasil também terá caixas de rodas com proteções emborrachadas, lanternas traseiras com LED no lugar de lâmpadas convencionais, mas as rodas terão aspecto mais comportado, embora possam ser de aro 17 com acabamento diamantado. E o interior será menos ousado por uma questão de custos. Mesmo assim, houve um esforço para criar novas texturas e revestimentos exclusivos. 

Citroën C4 Cactus poderá ser oferecido com pintura de dois tons. SUV passa por testes depois de ser fabricado
Divulgação
Citroën C4 Cactus poderá ser oferecido com pintura de dois tons. SUV passa por testes depois de ser fabricado

Embora a fabricante ainda não tenha confirmado quais serão os motores que o C4 Cactus vai ser equipado, sabe-se que a versão mais em conta contará com o já conhecido 1.6 FlexStart que gera 118 cv com apenas etanol no tanque. E a topo de linha terá o 1.6 THP flex, capaz de chegar nos 173 cv. Ambos poderão funcionar com câmbio automático de seis marchas e, no caso das versões 1.6, também estará disponível o câmbio manual de cinco, também já usado por outros modelos da PSA atualmente com os hatches compactos C3 e 208. 

Mudanças na fábrica

Unidade de produção recebeu investimentos para se tornar mais moderna , de acordo com padrão indústria 4.0
Divulgação
Unidade de produção recebeu investimentos para se tornar mais moderna , de acordo com padrão indústria 4.0

A fábrica de Porto Real (RJ) passou por um processo de modernização e recebeu investimentos. De 2016 até o final de 2018, cerca de R$ 580 milhões terão sido investidos para mantê-la de acordo com o padrão de indústria 4.0. A produção do C4 Cactus envolve cerca de 70 fornecedores, incluindo aqueles que hoje atendem o Groupe PSA na Europa.

LEIA MAIS:  Citroën C4 Cactus nacional surge em suas primeiras imagens oficiais

 O Polo Industrial Brasil do Groupe PSA, em Porto Real, além da fábrica de veículos, da qual começa a sair o C4 Cactus , também possui uma fábrica de motores, que completou a marca de 2 milhões de unidades produzidas em março de 2018 e cuja linha de virabrequins - que recebeu R$ 43 milhões adicionais de investimentos - acaba de ser inaugurada, possibilitando agora uma substituição da importação destes componentes pelos locais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.