undefined
Divulgação
Jeep Renegade terá versão híbrida lançada na Europa no início de 2020. Baterias poderão ser recarregadas na tomada

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) diz que prepara o Jeep Renegade híbrido plug-in, versão que deverá ser lançada no início de 2020, informa a agência Reuters. O carro está incluído no pacote de novos modelos da fabricante que vão chegar ao mercado com nível de emissões zero ou próximo desse patamar.

LEIA MAIS: Jeep Renegade Custom Diesel: um SUV compacto sem frescuras

A versão elétrica do SUV está incluída no pacote de novos modelos elétricos e híbridos da FCA que serão lançados nos próximos 5 anos, fruto de um investimento de US$ 10,3 bilhões anunciados em junho último. O Jeep Renegade híbrido será fabricado em Melfi (Itália), onde ainda é montado o motor a combustão do Fiat 500X.

Dentro do plano de lançar novos modelos com baixos níveis de emissões, a FCA também deverá deixar de produzir versões a diesel na Europa em carros de passeio a partir de 2021.  Para o novo conjunto mecânico do Renegade plug-in serão investidos mais de 200 milhões de euros, de acordo com a fabricante, incluindo treinamento de funcionários e a modernização da linha de montagem.

Em 2022 está previsto que a FCA vai oferecer um total de 12 sistemas de propulsão elétrica, incluindo carros movidos apenas a eletricidade e híbridos que vão ser aplicados em 30 modelos diferentes. O antigo CEO da FCA, falecido no fim de julho último, sempre foi contra o investimento pesado em eletrificação, já que não acreditava que isso só valeria a pena quando for realmente lucrativo. 

LEIA MAIS: Jeep Renegade renovado aparece por completo em primeiras imagens

Inclusive, Marchionne chegou a apelar para não comprarem o Fiat 500e, já que estaria perdendo dinheiro com a venda de cada unidade do carrinho movido apenas a eletricidade. Entretanto, o sucesso da Tesla e a necessidade de se adequar às novas normas anti-puluição acabaram forçando o executivo a dar o braço a torcer no que costumava de referir como "um doloroso investimento".

 Outro elétrico além do Jeep Renegade

undefined
Divulgação
SUV elétrico da Mercedes faz parte da nova da SUVs elétricos e híbridos da qual faz parte o Jeep Renegade Plug-in

Parece que uma nova onda de SUVs elétricos e híbridos está para invadir o mercado. Além do Jeep Renegade Plug-in, a Mercedes-Benz apresenta em Estocolmo (Suécia) seu primeiro SUV elétrico, o EQC.

Apesar de ainda não ter sido confirmado para vir ao Brasil, o EQC é movido por dois motores elétricos, posicionados um em cada eixo. Somados, entregam 414 cv de potência. Segundo números de fábrica, ele acelera de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos, com velocidade máxima limitada em 180 km/h. Enquanto isso, as baterias de ion-lítio garantem autonomia de mais de 450 km.

LEIA MAIS: Jeep Renegade flex: por que comprar e por que não comprar o SUV?

Como cada motor elétrico fica em um eixo, o EQC tem tração integral. A entrega de potência nas rodas, entretanto, é feita de forma diferenciada. O motor frontal, por exemplo, é usado em cargas baixas e médias, priorizando a eficiência. O traseiro é responsável por complementar o desempenho.

O EQC é o primeiro modelo de uma nova família de carros elétricos da marca e deverá partilhar a linha com “irmãos”, diferenciados pela terceira letra. Tanto o Jeep Renegade Plug-In quanto o Mercedes EQC serão feitos na Europa. O modelo da marca alemã começa a ser produzido na fábrica de Bremen (Alemanha) no ano que vem, bem como na China, na fábrica da joint-venture Beijing Benz. 

Fonte: Reuters

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários