Tamanho do texto

O SUV da VW preencheu todos os requisitos tanto para adultos quanto para crianças. Já o Toyota, mostrou instabilidade na cabine e outros pormenores

O Latin NCAP divulga os resultados dos testes de colisão realizados no Volkswagen T-Cross e no Toyota Yaris. Ambos os modelos foram submetidos a testes de impacto frontal e lateral, mas apenas o T-Cross foi submetido ao teste de impacto lateral contra poste. Ainda houve um teste específico para o controle de estabilidade, equipamento de série nos dois.

LEIA MAIS: Jeep Renegade x VW T-Cross: novato chega ditando novos paradigmas

undefined
Divulgação
Volkswagen T-Cross ganha o certificado Advanced Award e é a mais nova referência em segurança automotiva

O Volkswagen T-Cross conquistou cinco estrelas para a proteção tantos dos adultos quanto das crianças. O Latin NCAP avaliou como boa a proteção do SUV para a cabeça e pescoço do motorista e do passageiro, assim como para os joelhos e pés, peito e canela direita do motorista. Já o nível de segurança no teste de colisão lateral também foi bom, mas no impacto contra poste a proteção ao abdome e tórax, recebeu apenas uma nota regular. A estrutura da cabine foi considerada estável.

LEIA MAIS: Toyota Yaris Sedan encara o rival Honda City. Veja os testes e descubra quem levou a melhor

Volkswagen T-Cross: 5. Toyota Yaris: 4

O Toyota Yaris , por sua vez, conquistou quatro estrelas para adultos e crianças, tanto na versão hatch como no sedã. Mostrou ter boa proteção para adultos no impacto lateral, apesar dos os especialistas terem observado que a estrutura registrou instabilidade neste teste. Na colisão frontal, por sua vez, recebeu classificação entre adequada e boa.

LEIA MAIS: VW Fox e SpaceFox recebem três estrelas do Latin NCAP em testes de colisão

undefined
Divulgação
Relatório do Toyota Yaris por região do corpo. Na imagem a seguir, o do Volkswagen T-Cross

Mesmo que tenha recebido nota máxima de segurança para crianças no banco traseiro, e voltadas para trás, o Yaris recebeu quatro estrelas por não ter sinalização das ancoragens Isofix que atenda aos requisitos do Latin NCAP, nem interruptor para desconectar o airbag do passageiro. Antes das mudanças nos regulamentos do órgão em 2017, isso não teria sido comprometedor.

LEIA MAIS: Nissan Versa e March chegam com uma nova central multimídia para a linha 2019

undefined
Divulgação
Volkswagen T-Cross registrou "adequado" apenas na perna direita e tronco do motorista

Após os testes, Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse: "A classificação máxima do Volkswagen T-Cross é muito encorajadora. Apelamos a todos os fabricantes de veículos para alcançarem resultados de cinco estrelas e pontuações máximas para toda a sua frota no mercado do Latin NCAP", disse furas.

"É inaceitável que, mesmo em 2019, alguns fabricantes globais não tenham atingido as cinco estrelas nos testes de batida do Latin NCAP. A Toyota, por sua vez, demonstra preocupação ao recomendar, desde 2015, que a criança de até três anos deve se sentar voltada para trás. Com isso, deixa um precedente para outros fabricantes de veículos acompanharem esses termos de segurança infantil", completou o executivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.