Tamanho do texto

Com (grandes) mudanças na mecânica, outro destaque da terceira geração do hatch é o pacote tecnológico. Modelo será lançado em setembro

Motor Show


BMW Serie 1 azul
Divulgação
BMW Serie 1 fica mais compacto e com estilo que segue as linhas arrojadas do SUV X2 na nova geração


O novo BMW Série 1 foi revelado em um evento organizado em Munique (Alemanha) pela marca alemã. Menor do que na segunda geração, o hatch ganhou novas tecnologias e o motor de quatro cilindros mais potente já oferecido pela empresa. Mas perdeu a tração nas rodas traseiras.

LEIA MAIS: BMW Série 3 2019: aos que curtem acelerar. Veja as primeiras impressões

Com a mudança de plataforma, que agora é a mesma empregada no SUV X1, o novo BMW Série 1 t ambém mudou de tamanho: com 4,32 m de comprimento, entre-eixos de 2,67 m e 1,80 m de largura, o hatch é 1 cm mais curto e perdeu 2 cm no entre-eixos, embora tenha ficado 4 cm mais largo do que na geração passada. Mesmo com as mudanças, a BMW aponta que o hatch de nova geração é mais espaçoso do que o antecessor, com mais espaço para os passageiros do banco traseiro e maior capacidade de carga no porta-malas (que foi de 360 litros para 380 litros).

Por dentro, os destaques ficam por conta do teto de vidros panorâmico e do pacote de equipamentos que passa a incluir itens como painel digital configurável, Head-Up Display (HUD), tampa do porta-malas com abertura motorizada e o assistente de marcha à ré, que grava o trajeto percorrido pelo veículo e é capaz de retroceder de forma autônoma até 50 metros a velocidades de até 9 km/h.

LEIA MAIS: BMW X2: SUV se mostra um contraponto em um mundo cada vez mais chato

Outra novidade do modelo é a possibilidade de configurar um smartphone com a tecnologia NFC para se tornar a chave do veículo, permitindo destravar o veículo e ligar o motor mesmo quando a bateria do celular estiver descarregado.

LEIA MAIS: BMW revela detalhes dos elétricos iX3 e i4, ainda camuflados

Na mecânica, além da adoção da tração dianteira, o novo BMW Série 1 passa a ser equipado com a tração integral em algumas versões. Na versão M135i xDrive , o hatch agora é oferecido com um motor 2.0 turbo de 306 cv — o mais potente quatro cilindros da marca e que permite acelerar de 0-100 km/h em até 4,7 segundos. A linha inclui também duas motorizações diesel (de 116 e 150 cv) e outra a gasolina (1.5 de 140 cv).

O lançamento oficial do BMW Série 1 de terceira geração irá acontecer em setembro, durante o Salão de Frankfurt (Alemanha).