Tamanho do texto

Modelo é produzido sobre a plataforma GEM, a mesma empregada no Onix Sedan. No mercado chinês, o SUV partirá do equivalente a R$ 56 mil

Motor Show


Chevrolet Tracker cinza
Divulgação
Chevrolet Tracker passará a ter mais apelo esportivo e espaço a partir do ano que vem, quando será lançado no Brasil


Depois de lançar o Onix Sedan ( leia aqui ), a Chevrolet começou a vender na China o novo Tracker. A nova geração do SUV estreia com duas opções de motores turbo e preços que variam de 99.900 iuanes (cerca de R$ 56 mil) a 139.900 iuanes (R$ 76 mil).

LEIA MAIS: GM mostra novo Tracker na China. SUV chegará ao Brasil em 2020

Também montado sobre a nova plataforma GEM — desenvolvida pela General Motors em parceria com a chinesa SAIC — a nova geração do Chevrolet Tracker já foi confirmada para o mercado brasileiro ( leia aqui ).

Na China, a opção de entrada está equipada com o motor 1.0 turbo de 125 cv. O propulsor pode ser combinado ao câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas. Já as configurações mais caras contam com um 1.3 turbo de 165 cv, sempre combinado a um câmbio automático CVT.

LEIA MAIS: Confira 10 lançamentos que chegarão ao Brasil até o final de 2020

Assim como o Onix Sedan , desde a versão de entrada do Chevrolet Tracker   há itens como controles eletrônicos de tração e estabilidade e assistente de partida em rampas. Mas só as versões mais caras com o motor 1.3 turbo e que trazem sistemas como frenagem automática de emergência e assistente de manutenção em faixa.