Tamanho do texto

Novo modelo é o 3º recordista consecutivo da marca, que também conseguiu números de aceleração impressionantes até 100 km/h e 160 km/h

Depois de bater o recorde do cortador de grama mais rápido do mundo em 2014 (188.08 km/h) e em 2018 (215 km/h), a Honda acaba de se superar novamente, na pista de testes da Dekra Lausitzring, em Dresden (Alemanha). Equipada com a mecânica da CBR1000RR Fireblade SP, conseguiu três resultados quase impossíveis de acreditar: uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3 segundos, até 160 km/h em meros 6,29 segundos e a velocidade máxima de 242.99 km/h, homologados pelo Guinness World Record.

LEIA MAIS: Enfim, as novas Honda CBR 1000RR Fireblade

Sob o comando do cortador de grama — que ainda é capaz de exercer essa função — estava a piloto de manobras radicais com passagens no kart e no automobilismo, Jess Hawkins. Com quase o dobro da potência do primeiro recordista, seus 200 cv empurram meros 69,1 kg (sem piloto e fluidos), resultando em uma relação peso-potência de 0,345 kg/cv — outra insanidade quase impossível de se imaginar.

LEIA MAIS: BMW lança linha de "tatuagens" para motos, vendidas em kits. Veja

Por baixo da “casca” de cortador

Cortador de Grama
Divulgação
Cortador de grama da Honda vem com motor V2 de 200 cv da CBR 1000RR Fireblade

Além da mecânica da Honda CBR 1000RR Fireblade lista de componentes da moto superesportiva também inclui sistema de troca de marchas programável com hastes fibra de carbono próximas do volante Sparco, rodas de 10 polegadas da Goldspeed ATV montadas em pneus slick Hoosier e freios bem reforçados: na frente, discos com pinças de quatro pistões e de seis na traseira, tudo ventilado. Na estrutura, o chassi é de aço T45, para suportar tanta força e velocidade em um veículo tão inusitado.

LEIA MAIS: Confira quais são as 5 motos mais caras do Brasil, legalizadas para as ruas

Cortador de grama
Divulgação
Recordista atual ao lado do primeiro modelo, pioneiro na concepção para altas velocidades

Segundo o diretor administrativo da Honda no Reino Unido, Dave Hodgetts: “O cortador de grama original era uma máquina incrível, mas desta vez nós o levamos para um nível totalmente novo. Depois de conquistar o recorde de velocidade máxima em 2014, e aprimorar em 2018, queríamos fazer algo um pouco diferente. A Team Dynamics foi além no desenvolvimento e construção desta verdadeira façanha de engenharia, partindo do zero para o que acabamos de testemunhar, com mecânica das motocicletas da Honda . Sem falar da coragem de Jess para encarar o volante!”.