Tamanho do texto

No Brasil, ainda não há previsão de chegada do modelo, que vem com novo motor, multimídia de 10 polegadas e estilo renovado entre as mudanças

Renault Zoe azul
Divulgação
Renault Zoe da nova geração tem autonomia de até 389 quiômetros, de acordo com a fabricante

Os europeus terão a nova geração do elétrico Renault Zoe a partir do fim do ano. O carro tem suas primeiras imagens oficiais e detalhes divulgados pela fabricante que não deu previsão de quando a novidade chegará ao Brasil, onde o elétrico é vendido com preço sugerido de R$ 149.990.

LEIA MAIS:  Renault Zoe 2019: primeiras impressões do modelo elétrico na cidade

Entre as principais novidades do Renault Zoe 2020 está a bateria de 52 kwh fabricada para dar uma autonomia de 389 km ao carro, o que significa implica em uma capacidade 30% maior sem aumento de tamanho. Além disso, a marca promete menor tempo de recarga.

Conforme as novas especificações, o Zoe da segunda geração pode ter 90% da recarga (o que garante rodar 145 km) em 30 minutos em um carregador de 50 Kw. Porém, em um aparelho doméstico, de 7 kw, será preciso 9 horas de 25 minutos para atingir 100% da carga.

O motor do novo Zoe tem 135 cv e bons 25 kgfm de torque, força suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 10 segundos, conforme dados da fabricante. E para retomar de 80 a 120 km/h, ainda de acordo com a marca francesa, o carro elétrico leva 7,1 segundos, uma melhora de 2,2 segundos na comparação com a primeira geração do modelo, de 110 cv.

Renault Zoe fica mais sofisticado 


Renault Zoe interior
Divulgação
Interior do novo Renault Zoe fica mais refinado e com sistema multimídia com tela de 10 polegadas entre as novidades

Entre outros recursos, o Renault Zoe 2020 tem o chamado "B mode", opção do sistema de transmissão que reduz a velocidade do carro apenas tirando o pé do acelerador, o que ajuda a recarregar as baterias e torna possível dirigir usando apenas um pedal, em trechos urbanos. Há também o sistema de faz o carro estacionar sozinho entre os itens disponíveis.

LEIA MAIS: Kwid e Zoe representam os dois extremos da Renault

Aliás, a lista de equipamentos do novo Zoe inclui alertas de frenagem de emergência e de mudança indevida de faixa, bem como dispositivo que lê placas de trânsito e outro que muda automaticamente o facho dos faróis de alto para baixo para não ofuscar quem vier no sentido contrário. 

Por fora, a renovação do design inclui novos componentes, como grade dianteira e para-choques, além de faróis e lanternas de LED no lugar de lâmpadas, além de novas cores e rodas. E no interior as mudanças ficam por conta do novo painel, do acabamento mais caprichado e do sistema multimídia com tela de 10 polegadas compatível com Android Auto e Apple Car Play.

 LEIA MAIS: Carros elétricos e híbridos da VW entrarão no lugar dos a combustão, em 2026

Ainda entre os principais recursos do novo Renault Zoe , destaca-se a possibilidade de controlar algumas funções do carro por aplicativo de celular, como programar o acionamento do o ar-condicionado, checar a autonomia das baterias e saber como anda a recarga das baterias.