Tamanho do texto

A ideia é oferecer praticidade, como os patinetes e scooteres elétricos. Entretanto, os termos de uso são mais complexos. E os preços, salgados

Renault Zoe arrow-options
Divulgação
Beepbeep é o novo aplicativo de aluguel de carros elétricos, com o Renault Zoe na frota

Mais um aplicativo de mobilidade é lançado em São Paulo. Além as bicicletas, motocicletas e patinetes elétricos, ou Uber, Cabify e afins, os usuários de celulares podem agora baixar o “ beepbeep ”, que disponibiliza o carro elétrico Renault Zoe. Eles se concentram em estações nas regiões sul e oeste da capital paulista, mais precisamente nos supermercados St. Marche, nos estacionamentos da rede Netpark, em condomínios corporativos administrados pela JL, no Shopping Market Place e no Hotel Tívoli Mofarrej, até o momento.

LEIA MAIS: Renault Zoe 2019: primeiras impressões do modelo elétrico na cidade

Do mesmo modo que, por enquanto, os locais de retirada e devolução são esses, o único modelo disponível é o hatch compacto Renault Zoe . Em coletiva, os idealizadores do beepbeep disseram que terão mais modelos e estações. O investimento para a estruturação da startup foi de R$ 3 milhões, e outros planos incluem o crescimento da frota para chegar aos 300 carros até 2021.

Quanto aos preços, eles partem de R$ 4,90 logo que se destrava o Renault, e a cada minuto, são adicionados R$ 60 centavos ao valor. Entretanto, é possível se obter menores taxas de acréscimo se o usuário fechar um dos quatro pacotes de locação. 1º — A partir de 6 horas de uso, serão cobrados R$ 40 centavos por minuto; 2º — a partir de 12 horas, R$ 30 centavos; 3º — a partir de 24 horas, R$ 20 centavos; 4º — a partir de 48 horas, R$ 18 centavos por minuto. Portanto, ao ficar com o carro durante 6 horas, paga-se R$ 149,90, 12 horas, R$ 220,90 e 24 horas, R$ 292,90. 

Vale lembrar que é possível retirar e devolver os carros em diferentes pontos e que eles estão assegurados, mas se os usuários forem multados, ou se acidentarem, ou pararem em locais não permitidos pelos termos de uso, o app fará as cobranças direto do cartão de crédito. A empresa reforça a necessidade, sempre que deixar o carro nos pontos de devolução, de se plugar o cabo de carregamento, caso haja.

O carro do aplicativo

Renault Zoe arrow-options
Guilherme Menezes/iG
Os Renault Zoe do app podem ser encontrados na cor branca ou preta, ambos com a faixa roxa da beepbeep na lateral

O Zoe é um veículo simples e pouco espaçoso, na mesma filosofia dos subcompactos que visam mais a funcionalidade. É oferecido por R$ 149.990, e traz um motor elétrico de 110 cv e 22,9 kgfm, capaz de entregar acelerações consistentes no pequeno test drive que realizamos no lançamento do app. De acordo com a marca, a autonomia pode ser superior a 300 km.

LEIA MAIS: Comparamos os novos patinetes elétricos da Lime com os da pioneira Yellow

Uma vez dentro do Zoe, nota-se que os bancos parcialmente revestidos com couro são o seu maior luxo. Nas portas, os comandos de vidros e retrovisores elétricos são feitos do mesmo material do Sandero. No painel, um cluster digital, relativamente simples, dá informações como velocidade, carga da bateria, quilometragem e autonomia.

Sua central multimídia, chamada de R-Link, é bem conhecida dos modelos de topo da marca francesa, adicionando apenas um sistema de monitoramento de consumo de energia. Seu espaço traseiro é razoável, contudo, o porta-malas chega a 388 litros, grande se colocado lado a lado com outros hatches.

Vale lembrar que uma nova geração do carro virá ao Brasil já no ano que vem. A Renault confirmou que o sucessor vem equipado com motor de 135 cv e 25 kgfm, que segundo a marca, são capazes de uma aceleração até 100 km/h em 10 segundos. Entre outros recursos, vem com sistema de regeneração da energia dos freios, potencializada ao acionar o "B mode", que freia as rodas a tirar o pé do acelerador, algo útil para dirigir usando apenas um pedal. Bom também é poder apertar um botão e ver o carro estacionar sozinho.

LEIA MAIS: Conheça 5 apps de mobilidade no Brasil que valem a pena hoje em dia

Renault Zoe arrow-options
Divulgação
Renault Zoe que virá ao Brasil terá novas tecnologias para aguardar o Nissal Leaf e o Chevrolet Bolt

Assim como esse, há outros equipamentos sofisticados no novo carro elétrico , como o dispositivo que lê placas de trânsito ou que alerta sobre mudança indevida de faixa, ou até mesmo freia automaticamente o carro em casos de emergência. No interior, o destaque é a central multimídia com tela de 10 polegadas, compatível com Android Auto e Apple Car Play.

Apesar de tudo isso, uma das principais mudanças no Renault Zoe 2020 fica por conta das baterias de 52 kwh, que são capazes de dar uma autonomia 30% maior que as da geração anterior, chegando em cerca de 390 quilômetros.