Tamanho do texto

Com novas cores de tom brilhante e equipamentos, o SUV tem como objetivo ressaltar a sua robustez e homenagear a inauguração de nova fábrica romena

Renault Duster arrow-options
Divulgação
Renault Duster conceitual é uma edição comemorativa mais recheada, pintado em uma cor amarela especial

O Renault Duster acaba de surgir em uma versão conceitual, com o objetivo de explorar a conectividade e ressaltar os ares robustos do SUV. A ação é uma homenagem à inauguração do novo centro de design do grupo Renault em Bucareste (Romênia), local de origem da empresa Dacia, que é a fabricante de baixo custo dos modelos Sandero, Logan e Duster, e fornecedora dos componentes do Captur no Brasil.

LEIA MAIS: Duster ganha novo motor 1.0 turbo, de três cilindros, na Europa

Renault Duster arrow-options
Divulgação
Adesivos que brincam com a ideia do apelo aventureiro simulam lama na lateral e na traseira

Com carroceria pintada em um chamativo tom de amarelo, o protótipo é descrito como "o Renault Duster em sua versão mais agressiva" e foi projetado pela equipe responsável pelo setor de cores e materiais do novo centro. Levou 6 meses para ser concluído, e além da pintura brilhante, recebeu mais acessórios de fábrica. Entre eles, para-choque dianteiro com luzes de LED integradas, arcos plásticos nas caixas-de-roda, pneus de uso off-road, proteções laterais plásticas, rodas amarelas no tom da carroceria e adesivos na traseira para simular manchas de lama.

LEIA MAIS: Novo Renault Duster é flagrado em testes no Brasil

Nova geração

Renault Duster arrow-options
Divulgação
Renault Duster de nova geração terá novo visual e mais equipamentos

Com chegada agendada para o primeiro semestre de 2020, o novo Duster visual atualizado e novos componentes, para agregar mais conectividade e novos ajustes estruturais. Na Europa, a nova geração acaba de ganhar o novo motor TCe 1.0 tricilíndrico. Com isso, o antigo 1.6 SCe, de 118 cv, chega ao fim por lá. Enquanto isso, no Brasil, o componente seguirá a sua vida. De acordo com a marca, o novo motor de três cilindros turbinado é mais eficiente e ecológico, que aliado a um câmbio manual, desenvolve 99 cv e 16 kgfm. Já o consumo, fica nos 18 km/l na estrada.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que estão para mudar com descontos de até R$ 8 mil

Essa mecânica do Renault Duster , entretanto, deverá ser fabricada no Brasil em um futuro próximo, após a Renault ter anunciado um investimento de R$ 350 milhões para a inauguração de um novo complexo de injeção de alumínio para a produção de bloco e cabeçote (até então, eram importados). Previsões apontam que chegará em 2021, quando a nova geração do Renault Captur chegar.