Tamanho do texto

A baixa demanda por alguns modelos colocam suas produções em risco, infelizmente no caso dos carros abaixo. Saiba detalhes sobre cada um deles

Na última semana, fizemos a lista de alguns modelos que tiveram vida curta no mercado brasileiro e deixaram saudades. Carros como Fiat 500 Abarth, Suzuki Swift Sport e Ford Ka SEL encantaram aqueles que realmente entendem do assunto, mas acabaram saindo das lojas sem substitutos. Isso levantou o debate sobre quais modelos são vendidos atualmente, mas correm sério risco de sair de linha pelo volume nas vendas.

LEIA MAIS: Veja 5 carros bons que foram descontinuados com pouco tempo de mercado

A reportagem do iG Carros mostra 5 modelos com muitas qualidades e que são interessante para se ter na garagem antes que saiam de linha . Acompanhe a lista abaixo e confira detalhes sobre cada um dos modelos. 

1 - Audi A3 Sedan

Audi A3 Sedan arrow-options
Divulgação
A Audi já preparou estoque do A3 Sedan para os próximos meses. Próxima geração virá importada

Conforme apurado pela reportagem do iG Carros, a próxima geração do Audi A3 Sedan não será nacionalizada. O modelo acumula apenas 2 mil emplacamentos entre janeiro e setembro, ficando abaixo das 9 mil unidades vendidas do primo Volkswagen Jetta no mesmo período, por exemplo. Ainda de acordo com o que soubemos da Audi, a nova geração vai chegar ao Brasil importada, mas ainda sem data definida.

O modelo parte de R$ 125.990 na versão Prestige, com motor 1.4 TSI de 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, sempre com câmbio Tiptronic de seis marchas. De acordo com a Audi, o modelo pode atingir 100 km/h em 8,8 segundos. O porta-malas de 425 litros é razoável. Uma boa compra para o fim de 2019.

2 - Ford EcoSport Storm 2.0

Ford EcoSport Storm arrow-options
Divulgação
O Ford EcoSport Storm é a versão 4x4 do utilitário, a única com motor 2.0 de 173 cv

Os brasileiros gostam de comprar SUVs compactos para usar na cidade. Por conta disso, poucas fabricantes investem em modelos 4x4 para o nosso mercado. Entre os poucos utilitários que oferecem o recurso da tração, podemos enumerar Jeep Renegade, Mitsubishi ASX e o Ford EcoSport Storm.

LEIA MAIS: Ford prepara próxima geração do EcoSport em parceria com marca chinesa

A atual geração do EcoSport foi lançada em 2012 - já como modelo 2013 - acumulando quase oito anos no mercado. Isso mostra que o modelo está se aproximando do fim de seu ciclo de vida, uma vez que a Ford já iniciou as movimentações para uma próxima geração. A versão Storm é a única com motor 2.0 de 176 cv e 22,5 kgfm de torque, sempre com câmbio automático de seis marchas. Vale lembrar, também, que o sistema de tração é importado. 

3 - Peugeot 208 GT

Peugeot 208 GT arrow-options
Divulgação
O Peugeot 208 GT é um hatch esportivo turbinado que remete aos modelos dos anos 80

O 208 nunca foi exemplo de “best-seller”, ainda que seja um dos hatches mais legais e estilosos do Brasil. Ao longo de 2019, apenas 4,4 mil unidades foram comercializadas - número quase irrisório na comparação com o Hyundai HB20 e seus 77 mil emplacamentos no mesmo período.

A reportagem do iG Carros ligou para algumas concessionárias da marca, onde apuramos que a Peugeot ainda conta com a versão esportiva 208 GT 2019, por R$ 88.990. O modelo é um verdadeiro esportivo à moda antiga, com motor 1.6 de 173 cv e 24,5 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas. De acordo com a marca, o 208 GT pode atingir 100 km/h em apenas 7,6 segundos. Porém, infelizmente, o baixo volume logo deverá justificar o fim da produção no Brasil.

4 - BMW Série 1

BMW Série 1 arrow-options
Divulgação
O BMW Série 1 nunca vendeu tão pouco, mesmo sendo um dos carros mais legais da marca alemã

O BMW Série 1 nem aparece no ranking de vendas da Fenabrave por conta do volume baixíssimo de vendas. Durante 2019, foram menos de 250 emplacamentos entre janeiro e setembro, mostrando que o hatch já teve dias melhores.

A versão 120i Sport GP custa R$ 165.990, com motor 2.0 turbo de 184 cv de potência e 27,5 kgfm de torque, com câmbio automático de oito marchas. A BMW diz que o modelo pode atingir 100 km/h em 7,1 segundos - bom desempenho para um hatch médio. Vale a pena aproveitar enquanto ainda está em linha.

5 - VW Golf GTI

VW Golf GTI arrow-options
Divulgação
Há estoque do VW Golf GTI para atender o mercado brasileiro nos próximos meses, mas o fim é certo

A Volkswagen diz que há estoque suficiente do Golf GTI para atender todo o Brasil nos próximos meses. Ainda que a produção tenha sido interrompida, a fábrica de São José dos Pinhais (PR) ainda poderá retomar as atividades, dependendo da demanda pelo esportivo. Isso mostra que chegou a hora de aproveitar o último Golf GTI nacional.

LEIA MAIS: Por que os "carros populares" estão quase extintos do Brasil

O modelo traz o conhecido 2.0 turbo de 230 cv e 35,7 kgfm de torque, com câmbio automatizado de seis velocidades banhado a óleo. Pisando fundo, o GTI pode atingir 100 km/h em míseros 7 segundos. Uma boa opção para aqueles que procuram um hatch esportivo de R$ 149.290. No Brasil, pelo menos por enquanto, o único Golf que será vendido será o GTE, o híbrido que deverá chegar por cerca de R$ 200 mil, em novembro.