Tamanho do texto

Conectado e mais moderno, hatch médio começa a ser vendido em alguns mercados a partir de dezembro. No Brasil, carro ainda não está confirmado

VW Golf amarelo arrow-options
Divulgação
VW Golf atinge o auge da modernidade com alto grau de conectividade e eficiência energética, mas ainda longe do Brasil

A Volkswagen lança a oitava geração do Golf com foco nas versões híbridas e na conectividade. A novidade começa a chegar em alguns mercados a partir de dezembro. Enquanto isso, no Brasil, receberemos apenas no próximo dia 4 de novembro a versão GTE da geração anterior. E ainda não há previsão de chegada da nova, uma vez que o mercado de hatches médios está quase extinto no País.

LEIA MAIS: VW Golf ganha três versões de despedida da atual 7ª geração

De qualquer forma, o novo VW Golf mostra claros sinais de evolução. Já começa pela carroceria, mais aerodinâmica como nunca, com coeficiente de arrasto (Cx) de apenas 0,275. Além disso, todas as versões passam a ter faróis e lanternas de LED e as mais sofisticadas contam com tecnologia Matrix LED.

Agora são oito opções de motor disponíveis para o hatch médio, incluindo gasolina, gás natural, diesel, elétrico e híbrido. A mais potente de todas é a gasolina, da versão esportiva R, de 296 cv, com câmbio de dupla embreagem.  E uma das mais interessantes é a mild-hibrid , que conta com motor elétrico apenas para dar a partida e vencer a inércia assim que o carro arranca. É recarregado automaticamente nas frenagens e com o movimento das rodas que recebem força do motor a combustão. 

Mais detalhes do novo VW Golf

O novo Golf GTE é o plug-in hybrid, que chegará ao Brasil no início de novembro, mas ainda na sétima geração. Na oitava, o carro conta com 242 cv de potência combinada, ante 204 cv do Golf VII. Entre outros itens, o novo modelo vem com cluster com mostrador digital de 10,25 polegadas e central multimídia de 8,25 polegadas que vem contectada à internet  o tempo todo.

LEIA MAIS: Precisamos falar sobre o Golf. Confira a análise sobre o modelo no Brasil

Com isso, as coordenadas do GPS mostram informações do trânsito em tempo real, entre outras funcionalidades quando o cliente opta pelo pacote We Connect Plus, que permite acesso via 4G e, com isso, possobilita ligar o carro, ou o ar-condicionado por meio de aplicativo de celular entre as funções disponíveis.

VW Golf amarelo arrow-options
Divulgação
VW Golf da oitava geração diante da primeira, lançada em 1975. Quase 45 anos de evolução

Bom também é que o novo VW Golf é o primeiro carro da Volkswagen com tecnologia Car2X, que faz comunicação com outros veículos e com a infraestutura de trânsito. Assim, recebe-se pela tela no painel informações como engarrafamentos, acidentes, presença de carros quebrados pelo caminho, entre outros detalhes do gênero.

Outra novidade tecnologica é que o controle de velocidade de cruzeiro (“piloto automático”) passa a ser semi-autônomo, assumindo o controle do carro até 210 km/h contanto que uma das mãos do motorista fique no volante a cada 15 segundos.  

LEIA MAIS: Andamos no VW Golf GTE, versão híbrida com autonomia de até 900 km

E todo VW Golf agora passa a ser fabricado na Alemanha, único país que vai montar a oitava geração do hatch médio, que deixa de ser feito em outros países como o México e o Brasil, que parou de fabricar o carro em São José dos Pinhais (PR) até mesmo na derradeira e apreciada versão GTI, uma pena.