Tamanho do texto

O sedã Corolla será mais barato e terá duas versões híbridas no país vizinho. Confira mais informações sobre os lançamentos da Toyota na Argentina

C-HR arrow-options
Divulgação
Toyota C-HR: marca japonesa esperou o facelift para importá-lo da Turquia. Custará o equivalente a R$ 149 mil

A Toyota chegou a testar o C-HR no Brasil, mas os planos de importar o SUV produzido na Turquia foram cancelados. Os argentinos, por outro lado, já podem encomendar o modelo híbrido nas concessionárias, e as primeiras unidades estão marcadas para chegar no começo de 2020.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma produção do Tarek na Argentina para o final de 2020

De acordo com a marca, a expectativa de vendas é de aproximadamente 600 unidades anuais, com valor promocional da pré-venda fixado em US$ 37 mil - ou R$ 149 mil, em uma conversão simples. O C-HR terá o mesmo conjunto mecânico de Prius e Corolla Hybrid, ou seja, motor 1.8 de ciclo Atkinson capaz de desenvolver 122 cv de potência e câmbio CVT do tipo planetário.

Corolla terá mais versões híbridas na Argentina

Toyota Corolla arrow-options
Newspress
Mais barato na Argentina, o sedã também será híbrido nas versões SEG e XEI

No Brasil, o pacote híbrido do Corolla aparece exclusivamente na versão mais cara, a Altis - mas a estratégia será diferente para os hermanos. Por lá, o propulsor híbrido marca presença nas versões XEI e SEG. Até o momento, não há planos de lançar a versão Altis na Argentina.

LEIA MAIS: Conheça todos os lançamentos da Nissan no Brasil até 2020

O site Argentina Autoblog ainda diz que a versão SEG híbrida custará algo em torno de US$ 25 mil (R$ 99 mil, em conversão simples). Dessa forma, o Corolla será o veículo híbrido mais barato do país vizinho. Atualmente, quem deseja comprar um Corolla híbrido no Brasil terá que desembolsar, no mínimo, R$ 124 mil pela versão Altis.

Novo SUV brasileiro

Toyota Raize arrow-options
Divulgação
Vazamentos revelam o Toyota Raize, novo SUV compacto que poderá ser fabricado em Sorocaba (SP)

A Toyota comemorou o investimento de R$ 1 bilhão no complexo de Sorocaba (SP) para a fabricação de novos produtos. Há algumas semanas, imagens de um possível candidato ao mercado brasileiro vazaram na internet. Trata-se do Raize, SUV fabricado sob a mesma plataforma do novo Corolla em parceria com a Daihatsu , para rivalizar com HR-V e Renegade.

LEIA MAIS: Vazam fotos do novo SUV da Toyota que pode ser feito no Brasil em 2021

Pelo menos no mercado japonês, o Toyota Raize poderá ser equipado com motor 1.0, turbo, de três cilindros, que gera 98 cv e 14,3 kgfm de torque e funciona em conjunto com o câmbio automático CVT ou o manual, de seis marchas. Ainda no sistema de transmissão do novo SUV da Toyota, haverá opção de tração 4x4 ou 4x2, dependendo da versão.