Tamanho do texto

Achou que a lista seria composta apenas por carros híbridos? Eles fazem parte da maioria dos carros que gastam menos, mas existe uma exceção

Um fenômeno já toma conta do mundo há certo tempo, e vai, aos poucos, entrando na consciência do brasileiro: a eficiência. Em tempos de crise, um carro que “ande muito” já não enche tanto os olhos se tiver que gastar litros de combustível para tal. E neste cenário, a popularização de modelos mais econômicos é inexorável.

LEIA MAIS: Conheça os 10 carros com tração dianteira mais divertidos de guiar 

Partindo disso, a reportagem do iG Carros enumera os 5 modelos mais econômicos lançados em 2019. Se você acha que a lista contará apenas com modelos híbridos, verá que o novo Chevrolet Onix veio para se tornar o hatch compacto que menos gasta combustível atualmente, nas versões com motor 1.0, aspirado, de três cilindros.

1 - Toyota Corolla 1.8 Altis Hybrid - 16,3 km/l na cidade

Toyota Corolla arrow-options
Newspress
Toyota Corolla, o primeiro híbrido flex do mundo

Um modelo que se destacou entre os eletrificados este ano foi o Toyota Corolla . Ele não apenas é o primeiro carro eletrificado fabricado no Brasil, como também é o primeiro híbrido flex do mundo. De acordo com o Inmetro, o modelo pode aferir 10,9 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada com etanol. Na gasolina, os números sobem para 16,3 km/l e 14,5 km/l, respectivamente.

Trata-se do mesmo motor de 122 cv do Prius, com algumas diferenças de componentes. Vale lembrar que o etanol é mais corrosivo que a gasolina, portanto, algumas peças foram feitas exclusivamente para a versão flex.

2 - Chevrolet Onix 1.0 LT - 16,7 km/l na estrada

Chevrolet Onix hatch arrow-options
Divulgação
Chevrolet Onix hatch, o campeão de vendas em sua nova geração

Sendo o primeiro carro turbo da Chevrolet no Brasil, é natural que todos tenham voltado os holofotes para o novo motor 1.0 que equipa a família Onix a partir das versões intermediárias. Mas vale lembrar que a unidade 1.0 aspirada, de três cilindros, que equipa as versões básicas surpreende no consumo de combustível. Faz 9,9 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada com etanol, além de 13,9 km/l na cidade e incríveis 16,7 km/l na estrada, conforme o Inmetro.

LEIA MAIS: Saiba qual versão do Chevrolet Onix perde menos valor

Em sua versão aspirada, Chevrolet Onix pode render até 82 cv de potência e 10,6 kgfm de torque, sempre com câmbio manual de seis velocidades. Ele já pode ser encontrado nas concessionárias a partir de R$ 48.490.

3 - Mini Countryman SE All4 - 19 km/l na cidade

Mini Countryman Plug-in Hybrid arrow-options
Divulgação
Mini Countryman Plug-in Hybrid, um verdadeiro "kart" familiar e eletrificado

Nós adoramos os irreverentes carros da Mini pela sensação esportiva ao volante. Pelos dados do Inmetro, o consumo do Countryman híbrido na cidade fica em 19km/l, marca que cai para 17 km/l na estrada, onde a autonomia fica em bons 612 quilômetros com o uso combinado do motor elétrico com o a combustão.

Seu motor a combustão é 1.5 turbo, de três cilindros, capaz de desenvolver 136 cv de potência e 22,4 kgfm de torque. As rodas traseiras são movidas pelo elétrico, de 88 cv. Como estão em eixos diferentes, há como considerar a soma das potências, que chega nos 224 cv.

4 - Volvo XC60 2.0 T8 Hybrid - 20 km/l na estrada

Volvo XC60 T8 arrow-options
Divulgação
Volvo XC60 T8, um verdadeiro canhão com motorização híbrida

Sabe o que é improvável? Um SUV da Volvo, híbrido, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em inimagináveis 5,3 segundos. Mas ele existe, e atende pelo nome XC60 T8. De acordo com o Inmetro, o SUV-canhão pode marcar 19,2 km/l na cidade e 20 km/l na estrada.

O motor 2.0 tem 320 cv de potência e 40,8 kgfm de torque. Quando combinado ao propulsor elétrico, os números sobem para 407 cv de potência e 65,3 kgfm de torque. Um SUV para lá de divertido.

5 - VW Golf GTE 1.4 TSI - 22 km/l na cidade

VW Golf GTE arrow-options
Divulgação
VW Golf GTE, o último suspiro da sétima geração no Brasil

Eis o primeiro carro híbrido da Volkswagen, além de último respiro da sétima geração do Golf que recentemente perdeu a versão GTI. O novo GTE ainda tem certa proposta esportiva, acelerando de 0 a 100 km/h em apenas 7,6 segundos, mas o que realmente chama atenção é a economia de combustível: 22 km/l na cidade e 19 km/l na estrada, conforme o Inmetro.

LEIA MAIS: JAC iEV40 é o carro elétrico mais barato do Brasil, e uma grata surpresa

O Golf traz o mesmo motor 1.4 TSI, de 150 cv e 25 kgfm de torque que já conhecemos (mas apenas a gasolina), operando com outro propulsor elétrico capaz de produzir 102 cv. A potência combinada é de 210 cv, ainda distantes dos 230 cv do antigo GTI.