Com as queimas de estoque de começo de ano, lojas costumam dar bons descontos em seminovos 2019. Com base no estudo da KBB Brasil, a reportagem de iG Carros aponta quais são os hatches que custam até R$ 45 mil que mais perdem valor. De acordo com o levantamento, os modelos da Fiat foram desvalorizaram mais.

LEIA MAIS:  Conheça os 5 hatches que menos perdem valor depois de um ano

Conforme a KBB Brasil, quando o assunto é preço de carros, há duas metodologias para calcular a perda de valor: Desvalorização e Depreciação. Desvalorização é a comparação do preço atual de um veículo com os valores aplicados pelo mercado à mesma versão fabricada em anos anteriores.

Já a Depreciação usa o valor do veículo 0 Km em um período determinado em relação a seu atual valor residual, sempre considerando o mesmo ano/modelo e sem o mesmo rigor de sua definição contábil, que tem regras muito estritas. Neste estudo foi aplicado o conceito de desvalorização, levando em consideração todo o período de vida dos modelos analisados. Confira abaixo os 5 hatches 2019 que mais perderam valor.

1 – Fiat Uno Drive 1.0 manual – 17,8%

Fiat Uno está entre os 5 hatches 2019 que mais perdem valor no primeiro ano de uso, conforme a KBB Brasil
Divulgação
Fiat Uno está entre os 5 hatches 2019 que mais perdem valor no primeiro ano de uso, conforme a KBB Brasil


Uma das apenas quatro versões que sobraram do hatch da marca italiana, que fechou 2019 com o 35° colocado entre os modelos mais vendido do ano, com 19.928 unidades, na frente do Toyota Etios hatch (18.963). De acordo com o estudo da KBB Brasil, o carro tem preço médio de R$ 40.654 unidades e índice de desvalorização de 17,7%.

 O hatch compacto tem como principal qualidade o motor 1.0 FireFly, de três cilindros, que consegue bom nível de eficiência entre desempenho e baixo consumo. Segundo dados do Inmetro, o carro faz 13,2 km/l de gasolina na cidade e 15,2 km/l na estrada. Mas falta um conjunto mais bem acertado, capricho no acabamento e melhores resultados nos testes de colisão do Latin NCAP.

2 – Fiat Mobi Drive 1.0 GSR – 15,7%

Fiat Mobi com câmbio automatizado GSR perde mais valor que outras versões com caixa manual de cinco marchas
Divulgação
Fiat Mobi com câmbio automatizado GSR perde mais valor que outras versões com caixa manual de cinco marchas


O subcompacto da marca italiana vem com o mesmo conjunto mecânico do Uno , mas com o câmbio automatizado perde mais valor. Isso porque esse equipamento não está mais sendo usado pelas fabricantes hoje em dia que estão optando por outras soluções melhores de caixas que dispensam o pedal de embreagem, como a CVT. Portanto, com preço médio de R$ 43.522 com ano/modelo 2019, o hatch desvaloriza 15,7% no primeiro ano de uso.

Principalmente por ser um pouco mais leve que o Uno, o Mobi consegue economizar mais combustível. De acordo com o Inmetro, o modelo é capaz de gastar apenas 1 litro a cada 14 quilômetros na cidade e a cada 15,9 km da estrada. Mas também falta um melhor conjunto estrutural e espaço, tanto para os ocupantes quanto para suas respectivas bagagens no pequeno porta-malas de 215 litros.

Você viu?

3 – Renault Sandero Vibe 1.0 manual – 9,4%

Renault Sandero Vibe é uma série limitada do hatch compacto que tem alguns itens exclusivos, como os detalhes pintados de cinza grafite
Divulgação
Renault Sandero Vibe é uma série limitada do hatch compacto que tem alguns itens exclusivos, como os detalhes pintados de cinza grafite


A série limitada do hatch vem com rodas pintadas de cinza grafite, mesma cor usada nas carcaças dos retrovisores. Por dentro, entre outros detalhes exclusivos, o carro conta com frisos azuis nas saídas de ar. Tem o bom motor 1.0 Sce, de três cilindros, mas as respostas da direção e o longo curso da alavanca de câmbio não agradam os mais exigentes ao volante.

LEIA MAIS: Carros com motor 1.4 são os que mais perdem valor no Brasil, diz KBB

De acordo com a KBB Brasil, o hatch da marca francesa tem preço médio de R$ 45.052 e desvaloriza 9,4% em um ano. Entretanto, é bom lembrar que as demais versões do hatch compacto têm menores índices de desvalorização. No caso da Autentique 1.0 é de apenas 3,4%.

4 – VW Up Take 1.0 manual – 9,1%

VW Up! é um subcompacto com várias qualidades,  mas a versão mais simples é a que mais perde valor
Divulgação
VW Up! é um subcompacto com várias qualidades, mas a versão mais simples é a que mais perde valor


É a versão básica do subcompacto que é um sucesso de crítica entre os jornalistas especializados, mas não vende tanto quanto a VW gostaria no Brasil. Conforme a KBB Brasil, o carro custa, em média, R$ 41.055 no ano/modelo 2019 e desvaloriza 9,1% no primeiro ano.

Apesar de simples, o pequeno VW se sai bem no dia a dia, tanto na cidade quanto na estrada, com boa solidez  e certa agilidade. Tem boa posição de dirigir e um conjunto bem acertado, o que inclui respostas rápidas e precisas de freio, direção e direção Além disso, a suspensão bem calibrada e a cerimônia em consumir combustível também agradam.

5 – Chevrolet Onix Joy 1.0 – 8,3%

Chevrolet Onix Joy 2019 ainda tem o visual que não é mais oferecido pela GM hoje em dia, depois da chegada da nova geração do compacto
Divulgação
Chevrolet Onix Joy 2019 ainda tem o visual que não é mais oferecido pela GM hoje em dia, depois da chegada da nova geração do compacto


O visual da versão mais simples modelo mais vendido do Brasil, em 2019, já não é mais oferecido pela GM desde o lançamento da nova geração. O carro tem preço médio de R$ 40.779 conforme o estudo da KBB Brasil e desvaloriza 8,3% no ano. Assim como o Sandero, também tem versões que desvalorizam bem menos, como a LT 1.0, com desenho mais moderno e mais equipada, que perde 4,9% do seu valor no primeiro ano de uso.

LEIA MAIS:  Comprou, perdeu: Veja os carros que mais desvalorizam logo ao sair das lojas

Se o desenho da versão Joy é mais antigo, o conjunto é o mesmo da LT. Tem baixo custo de manutenção e gasta pouco combustível, ajudado pelo câmbio manual de seis marchas. Conforme o Inmetro, o carro faz 12,9 km/l de gasolina na cidade e 15,6 km/l na estrada, um dos 5 hatches mais econômicos do Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários