Locadora arrow-options
Divulgação
Presidente da associação das locadoras garante que novas regras de higiene estão sendo seguidas, mas que deverá haver redução de demanda

Com o avanço no surto causado pelo novo coronavírus, o COVID-19 , a Prefeitura de São Paulo proibiu o funcionamento do comércio não essencial a partir de hoje (20). Com a exceção de supermercados, farmácias, padarias, postos de gasolina, feiras livres e pet shops, todos os outros estabelecimentos deverão ficar fechados; incluindo as locadoras de automóveis .

LEIA MAIS: Veja 5 coisas que você precisa saber antes de alugar um carro

Consultado pela reportagem do Portal iG, Paulo Miguel Júnior, presidente da Associação Brasileira de Locadoras de Veículos, assegurou que os clientes não ficarão desamparados com o fechamento dos estabelecimentos. “Seguindo a determinação do governo, não podemos operar de portas abertas”, afirma o executivo. “Como a venda de produtos por telefone, internet e aplicativos está liberada, as locadoras permanecerão disponíveis para entregar ou receber os veículos”

De acordo com Paulo Miguel, ainda é difícil mensurar os impactos do surto do novo coronavírus para as locadoras. “Ainda não há qualquer projeção, pois estamos no começo da pandemia”, diz ele. “Com certeza, o número de motorista de aplicativos irá diminuir com a pandemia , mas ainda não há perspectiva do quanto. Vivemos um dia após o outro”.

LEIA MAIS: Ainda vale a pena ter carro próprio no Brasil?

As locadoras registraram resultado positivo em 2019 na comparação com o ano anterior. O volume das diárias subiu de 43 milhões, em 2018, para 49,6 milhões. Este crescimento é relacionado, também, aos motoristas de aplicativo como Uber, Cabify e 99. Da frota total de 997 mil veículos das locadoras, entre 150 mil e 200 mil carros estão na posse deste perfil de cliente.

Reforço na higiene

Limpeza arrow-options
Divulgação
Para garantir a segurança de clientes e funcionários, locadoras associadas focam mais na higiene

LEIA MAIS: Locadoras e vendas PCD ganham muita força para este ano

O presidente da associação afirma que todas as locadoras receberam treinamento especial para lidar com o surto do COVID-19 , tanto entre os funcionários quanto para a relação com o cliente. “Estamos tratando a higiene com mais rigor, com a utilização de luvas e produtos especiais capazes de eliminar o novo coronavírus do habitáculo. Durante a entrega ou retirada do veículo, procedimentos de afastamento seguro também serão seguidos”, diz Paulo Miguel.

    Veja Também

      Mostrar mais