VW Kombi
Divulgação
VW Kombi mais antiga do mundo já foi van de transporte, já foi carro de coleção e agora é peça de museu

Cinco meses após o início da produção da VW Kombi em Wolfsburg (Alemanha), a fábrica mostra o modelo que hoje é o mais antigo em perfeitas condições, completando incríveis 70 anos de idade. Trata-se do chassi número 20-1880, que viu as ruas pela primeira vez em 5 de agosto de 1950. Seria apenas mais uma entre as pouco mais de 8.000 produzidas naquele ano, mas hoje descansa no acervo de clássicos da Volkswagen.

Como é de se imaginar, sua história é muito rica. Saindo da fábrica, foi cumprir na cidade de Hildesheim (Alemanha) a tarefa de se tornar um veículo de transporte, como muitas “irmãs” mais velhas e mais novas. E a VW Kombi ficou nessa vida durante 23 anos, até se tornar uma peça de coleção, passando boa parte do começo da aposentadoria escondida em algumas garagens alemãs. Em comunicado, a Volkswagen lembra de quando completava 42 anos de vida.

"Em 1992, a Kombi mais antiga do mundo tinha menos de 100 mil quilômetros no hodômetro, e foi rebocada para a Dinamarca. Como ficar 19 anos parado não faz bem a nenhum veículo, algumas peças essenciais foram trocadas para que pudesse rodar novamente. Certo de que ficaria com a Kombi por um bom tempo, Tonny decidiu batizá-la de Sofie, apelido do seu primeiro carro".

Depois disso, passou por uma restauração que durou entre 2000 e 2003. Uma vez pronta, foi com Sofie e Tonny pelas estradas européias, em vários encontros, que somam mais de 20 mil km de distância. Até que, em 2014, recebeu uma visita do príncipe da Dinamarca ao departamento de veículos comerciais da Volkswagen, agora sediado em Hannover.

"Um concessionário que acompanhava a comitiva mencionou que existia na Dinamarca uma Kombi 1950 à procura de um novo lar", relata a VW. Tonny, agora mais velho, não viajava mais para os encontros, mas também não queria privar Sofie das aventuras dos últimos anos. Assim, o departamento de clássicos da VW entrou em contato com Tonny, e após semanas de discussões, chegou a uma decisão. "Prefiro vender a Sofie para vocês, onde a VW Kombi ainda poderá fazer as pessoas sorrirem".

    Veja Também

      Mostrar mais