pneu
Divulgação
As letrinhas no pneu não estão lá à toa. Cada uma indica uma especificação, como tamanho, perfil, largura e quanto pesa aguenta.


Além da escolha da medida correta estabelecida pelo fabricante, a seleção de um novo conjunto de pneus para o seu carro exige também atenção a outras características, que podem influenciar negativamente no conforto de rodagem e até no consumo de combustível do veículo, aponta a fabricante de pneus Dunlop.


Por suportar a carga do veículo, amortecer impactos, atuar nas frenagens e transmitir a tração do conjunto motriz para o solo, os pneus estão entre os componentes mais exigidos em um veículo. Por esse motivo, é fundamental avaliar o perfil de uso do pneu , principalmente no caso dos SUVs.

Carros que rodam somente por pisos pavimentados não precisam ser equipados com pneus do tipo misto — que são projetados para rodar em determinadas situações de off-road — ou aqueles off-road "puros", previstos para ter o melhor desempenho de rodagem apenas em pisos não-pavimentados.

Outros dados que devem ser considerados como fatores de compra são a resistência do conjunto a carga e a velocidade máxima tolerada, que são indicados na etiqueta do Inmetro no produto por um código alfanumérico, geralmente informado após os dados de tamanho.

Identificado por uma sequencia de dois ou três números, o índice de carga do pneu aponta o peso máxima que o produto pode suportar em rodagem. Quanto maior o número, maior essa tolerância. Já o símbolo de velocidade, que é identificado por uma letra, aponta a velocidade máxima em que o produto pode rodar de maneira segura. As tabelas podem ser consultadas nos sites dos fabricantes .

    Veja Também

      Mostrar mais