CNH
Divulgação
Para recuperar a CNH, o motorista precisa, além de ser aprovado na prova teórica, cumprir o tempo de suspensão e fazer um curso de reciclagem


Entre os dias 6, 7 e 8 de outubro deste mês, o Detran.SP vai realizar um mutirão para atender cerca de 2.500 motoristas que tiveram a CNH suspensa e concluíram durante a pandemia do novo coronavírus o curso à distância de reciclagem de condutor infrator.


Esses motoristas com a CNH suspensa aguardavam para realizar o exame teórico presencial , que é uma das etapas do processo de recuperação do direito de dirigir. A prova, será realizada na Fatec São Paulo , que fica no bairro do Bom Retiro. Os alunos serão divididos em 23 salas durante três dias e em três turnos diferentes. O primeiro turno será às 9h, o segundo às 11h30 e o terceiro às 15h.

Esses motoristas perderam a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) após superarem o limite de 20 pontos ao longo de um ano ou ao cometer infrações consideradas como autosuspensivas - como participar de racha, dirigir embriagado ou fugir do local do acidente. A primeira suspensão por pontos dura seis meses. Para os reincidentes, o período pode variar de oito a 24 meses.

Para recuperar a CNH , o motorista precisa, além de ser aprovado na prova teórica, cumprir o tempo de suspensão e fazer um curso de reciclagem. Apesar de ter sido aprovada no Legislativo, a mudança no Código de Trânsito Brasileiro que eleva para 40 pontos a pontuação máxima para a suspensão do direito de dirigir ainda aguarda a assinatura presidencial para entrar em vigor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários