Vendas de carros usados
Divulgação
Vendas de carros usados voltam a ficar aquecidas no Brasil, passando a ficar até um pouco acima do patamar de 2019


Um levantamento realizado pela KBB Brasil com 18.470 versões de modelos de todas as marcas oferecidos no mercado brasileiro aponta que os carros novos, usados e seminovos ficaram mais caros em setembro.


Os modelos novos sofreram variação média de 1,93% nos preços. Dentro desse grupo, a alta mais expressiva foi a dos carros de ano/modelo 2019, que sofreram uma valorização de 2,51%. De acordo com a KBB Brasil, além da desvalorização do Real frente ao Dólar, está em vigor no mercado uma tendência de valorização dos veículos novos parados em estoque.

No caso dos seminovos, o aumento médio nos preços foi de 1,28%, com reajustes mais pronunciados nos carros ano/modelo 2020 (1,87%) e 2019 (1,51%). Já entre os usados, a alta registrada em setembro foi de 1,13%, sendo que no recorte por ano os que ficaram mais caros foram os automóveis de ano/modelo 2013 (1,29%).

De acordo com a KBB, a oscilação positiva nos preços de usados e seminovos pode ser explicada pelo reaquecimento nas vendas das lojas multimarcas, que já vinha sendo notado desde o mês anterior. A lista de seminovos e usados mais negociados no período foi encabeçada por Volkswagen Gol (82.319), seguido por Fiat Palio (48.971) e Fiat Uno (47.155). Os números são da Fenabrave.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários