carros usados
Divulgação
Vendas de carros usados começam a se recuperar, o que tem levado a um ligeiro aumento nos preços de alguns modelos seminovos


Passado o susto com a queda das vendas provocadas pelo novo coronavírus, o mercado de carros usados fechou agosto com o melhor resultado de 2020. De acordo com dados da Fenabrave, foram 917.259 automóveis e comerciais leves negociados no período. E esse resultado positivo está impactando também nos preços.


É o que aponta um levantamento realizado pela KBB Brasil. De acordo com a empresa, que é especializada na precificação de carros usados e novos, os automóveis com ano modelo entre 2010 e 2020 tiveram uma valorização média de 0,47% na comparação com o mês anterior.

Movimento distinto do notado entre os carros novos. Ainda de acordo com a pesquisa da KBB Brasil, os automóveis zero km sofreram uma variação negativa de -0,03% nos preços.

No caso dos seminovos (até três anos de uso), essa variação positiva foi de 0,33%. Na análise por ano modelo, os carros 2017 foram o que tiveram a alta mais expressiva no período: 0,47%. Já os carros usados (de quatro a dez anos) ficaram em média 0,62% mais caros, com os carros do ano modelo 2016 tendo valorizado 0,81%.

Em agosto, a lista dos carros usados mais negociados no mercado brasileiro foi encabeçada pelo Volkswagen Gol (73.893), seguido por Fiat Palio (43.346), Fiat Uno (42.444) e pelos Chevrolet Celta (25.997) e Onix (22.641).

    Veja Também

      Mostrar mais