mclaren
Divulgação
McLaren Elva na versão com pintura de competição e com uma das cores mais tradicionais da marca inglesa famosa pela equipe de Fórmula 1

Para mostrar o que os 815 cv do McLaren Elva são capazes de fazer nas mãos de um profissional, a marca colocou o piloto de Fórmula 1 Lando Norris para conduzir o superesportivo na pista de Silverstone (Inglaterra).


No vídeo, o piloto recebe a tarefa de memorizar uma série de informações técnicas do modelo para repeti-las ao longo das gravações. É claro que ele se esquece das falas e fica bem evidente a intenção da McLaren de confundi-lo ao volante para tornar a experiência mais divertida.

Um dos destaques do Elva é o sistema Active Air Management System, que em poucas palavras é composto por uma série de defletores ativos na parte frontal da carroceria, que canalizam o ar para evitar a turbulência e melhorar o conforto dos dois ocupantes mesmo com a ausência do para-brisa.


No final das contas, Norris desiste do script e se concentra em tirar o máximo do Elva. Pela sua tranquilidade enquanto faz as manobras com o supercarro, fica até parecendo uma tarefa fácil segurar toda a cavalaria do 4.0 V8 biturbo que equipa o modelo, que é capaz de fazer com que a máquina atinja os 200 km/h em apenas 6,7 segundos.

Em fase final de desenvolvimento, o roadster Elva é o mais novo representante dos Ultimate Series da marca britânica e será exclusivíssimo, com uma produção de apenas 149 unidades, que começam a ser entregues aos compradores ainda este ano.

Voltado para os motoristas que gostam de levar o carro para os autódromos, o McLaren Elva não conta com um sistema de som de série. Item que pode ser encomendando como um opcional junto ao fabricante, numa lista de personalização que inclui desde detalhes feitos à mão na pintura de rodas e carroceria até materiais e cores exclusivos de acabamento, passando por pneus Pirelli P Zero Corsa para uso exclusivo em pista.

    Veja Também

      Mostrar mais