Multa
Divulgação
Multas têm sido parceladas em tempos de crise econômica em todos os estados do território brasileiro


Um levantamento realizado pela startup Zapay aponta que os motoristas do estado de São Paulo e do Distrito Federal são os que mais recorrem ao parcelamento de multas, licenciamento e outras taxas relacionadas a veículos. A pesquisa foi feita com dados coletados entre julho de 2019 e outubro deste ano pela própria empresa, que opera um sistema de pagamento parcelado de débitos automotivos.


Segundo a empresa, no período da pesquisa, foram realizados 203.666 operações de parcelamento em São Paulo e 140.681 no Distrito Federal. Outros estados com números expressivos dentro da base foram Goiás (86.151), Minas Gerais (78.172) e Paraná (46.537).

Atualmente, a Zapay consegue acessar a base de dados dos Detrans de 22 estados e do Distrito Federal, conseguindo atender a uma cobertura de até 91% da frota brasileira, que segundo dados de setembro do Denatran reune atualmente um total de quase 107 milhões de veículos.

O atendimento aos proprietários é feito pela internet, no site da empresa, ou nos postos dos departamentos de trânsito . A baixa nos débitos acontece somente após a liberação do pagamento, que pode ser feito via cartão de crédito, em até 12 vezes. Em 2021, a empresa pretende começar a atuar também no Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima.

Multas na abordagem

Blitz
Omar Freire/Imprensa MG – 24.6.2017
Fiscalização. Operação da Lei Seca ocorreu em Belo Horizonte e em outras 17 Regiões de Segurança Pública do interior de Minas Gerais


O senador Lasier Martins (Podemos-RS) propós recentemente um projeto de lei que prevê a liberação da cobrança dos débitos no momento de uma abordagem policial, com o objetivo de evitar a apreensão do veículo.

Pelo projeto de lei 4.720/2020, o proprietário teria a opção de pagar, além de multas já registradas, o licenciamento atrasado e débitos com o IPVA e o DPVAT. Mas desde que a única infração constatada no momento da abordagem fosse a irregularidade na documentação do veículo. A proposta ainda tramita no Senado Federal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários