Nissan Frontier
Divulgação
Nissan Frontier da linha 2021 recebe apenas novos detalhes no visual, o que inclui grade, faróis e para-choque


Foi revelada nesta quinta-feira (5) a Nissan Frontier reestilizada. A picape média estreia inicialmente no México e Tailândia e chega ao Brasil em 2021, importada da Argentina. Além das mudanças no visual, a picape média incorporou também mudanças mecânicas e novos equipamentos.


Como já havia sido visto em algumas imagens que vazaram na internet, é na dianteira da Nissan Frontier — modelo que em alguns mercados é vendido com o nome Navara — que estão concentrados os principais retoques.

A grade frontal abandona o visual sóbrio e adota linhas mais agressivas. Já os faróis agora trazem luzes de LED. Na traseira, as mudanças foram mais leves: lanternas com novo arranjo de luzes, tampa da caçamba com novo vinco e para-choque com um degrau central para facilitar o acesso à caçamba.

Pela primeira vez, a picape média passa a ser oferecida numa versão PRO-4X, que segue o estilo mais esportivo da versão Attack oferecida atualmente no Brasil e traz várias peças com pinturas escurecidas, além de molduras plásticas nas caixas de roda.

Uma Nissan Frontier mais caprichada


Já no interior, a principal alteração visual é a incorporação de um novo volante — com o mesmo desenho do SUV Kicks — e que veio acompanhado de um novo pacote de sistemas de segurança. A Frontier agora incorpora alerta de risco de colisão e frenagem autônoma de emergência, monitor de pontos cegos e mudança involuntária de faixa, sensor de fadiga, monitor de tráfego cruzado na traseira e o sistema de câmeras 360°.

Outras novidades são um novo sistema multimídia, o quadro de isntrumentos com uma nova tela TFT de 7" e maior resolução e a inclusão de uma porta USB-C para a recarga de aparelhos eletrônicos. O conforto acústico foi priorizado com a adoção de novos revestimentos e janelas dianteiras com vidro laminado. Já os bancos ganharam novas espumas.

Na parte mecânica, a Nissan adotou um eixo traseiro reforçado e uma nova caixa de direção para melhorar as respostas do conjunto, principalmente em manobras de baixa velocidade. Foi feito um trabalho para reduzir as vibraçoes da carroceria. Essas mudanças contrubuíram para permitir o aumento da capacidade de carga de 1.000 kg para até 1.105 kg.

Sob o capô, a picape Nissan Frontier  segue equipada com o motor 2.3 diesel, em versões de 160 cv (um turbo) e 190 cv (dois turbos) e câmbio manual de seis marchas ou automático de sete velocidades. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários