hercules
Divulgação
Rezvani Hercules 6x6: tração nas seis rodas, potência de sobra e preço de apartamento de luxo, além do visual nada discreto

A Rezvani é uma pequena fabricante dos Estados Unidos que é especializada em desenvolver veículos extremos a partir de carros produzidos por grandes montadoras. A criação mais recente da empresa é o Hercules 6x6, um modelo baseado na picape Jeep Gladiator que se caracteriza, como deixa claro no seu nome, pela tração em suas seis rodas.


Com quase 6,20 m de comprimento e 2,28 m de largura (quase as mesmas medidas de um caminhão Volkswagen Delivery Express ), o Rezvani Hercules 6x6 é chamado pela empresa de "o deus das picapes" e parte de US$ 225 mil (cerca de R$ 1,2 milhão).

Esse valor é cobrado pela versão de entrada, que tirando o eixo adicional e o visual diferentão, preserva praticamente todo o conjunto mecânico do Jeep Gladiator, composto pelo motor 3.6 V6 a gasolina de 289 cv, câmbio automático de oito marchas. Mas como qualquer modelo de um pequeno fabricante e que é produzido praticamente à mão, a lista de itens de personalização é imensa.



Com um orçamento (quase) ilimitado, por exemplo, é possível trocar o motor de seis cilindros por um imenso 7.0 V8 com compressor volumétrico, que despeja mais de 1.300 cv, além de além da suspensão off-road com altura elevada e componentes da fabricante Fox e os freios maiores, com discos de 16 polegadas e pinças com oito pistões.

Por dentro, o comprador pode pedir um interior todo forrado em couro e Alcântara, com novos bancos que podem receber padronagem e costuras personalizadas, quadro de instrumentos com dez opções de cores de fundo e um sistema multimídia "turbinado" com dois subwoofers JL Audio .

O pacote de opcionais tecnológicos inclui também sistema de câmera frontal de visão noturna e até uma proteção de nível militar contra pulsos eletromagnéticos, permitindo que o veículo rode até mesmo depois de um ataque nuclear.

O Rezvani  Hercules 6x6 não será oferecido no mercado brasileiro. Já o Jeep Gladiator deve ser comercializado por aqui. O plano inicial da marca era que as vendas tivessem começado em 2020. Mas o cronograma foi afetado pela pandemia do novo coronavírus.

    Veja Também

      Mostrar mais