Novo Nissan Sentra
Divulgação
Novo Nissan Sentra fica maior e mais potente para enfrentar os rivais, entre os quais o Toyota Corolla

O segmento dos sedãs médios vem perdendo força para os SUVs compactos ao longo da última década, mas há um tipo de cliente que não dispensa as comodidades da categoria. Eles são maiores, mais requintados e espaçosos que os utilitários compactos, e custam praticamente a mesma coisa. E o próximo candidato a chegar ao Brasil neste segmento é o Nissan Sentra

Ainda não há confirmação oficial de que o Sentra virá ao Brasil. Conforme apurado pela reportagem do iG Carros, a Nissan estará mais focada na divulgação do Novo Versa , modelo que chegou às concessionárias no fim do mês passado, até o fim de seu ano fiscal. Mas há motivos para acreditar que a fabricante japonesa irá investir pesado no Sentra renovado por aqui – dependendo do valor do dólar e o andamento da pandemia.

O primeiro deles é que o Nissan Sentra desbancou o Toyota Corolla , e se tornou o carro mais vendido da China ao emplacar impressionantes 57 mil unidades nos melhores meses. Para se ter uma ideia, o Chevrolet Onix, modelo mais vendido no Brasil, costumava ficar na faixa de 17 mil emplacamentos mensais antes do começo da pandemia do novo coronavírus.

O segundo motivo é que o sedã médio poderá se beneficiar do acordo de livre comércio automotivo entre Brasil e México, da mesma forma que o novo Nissan Versa. Ele é fabricado no Complexo Industrial de Aguascalientes, onde abastece toda a América do Norte e Caribe. Um de seus principais rivais no mercado brasileiro, o Volkswagen Jetta, também é mexicano.

Além disso, outra razão para acreditar no sucesso do Nissan Sentra por aqui é a receita campeã que a fabricante aplicou ao lançá-lo na América do Norte e Ásia. Ele ficou mais parecido com o Altima, e agora mede 4,64 metros de comprimento (contra 4,63 m do Corolla), 1,81 m de largura (contra 1,78 m), 1,45 m de altura (1,44 m) e 2,71 m de entre-eixos (2,70 m).

O porta-malas tem capacidade para 466 litros, ficando na mesma faixa do nosso Corolla, que pode levar 470 litros.

Abaixo do capô, o Novo Sentra leva o novo motor 2.0 aspirado de 151 cv a 6.000 rpm e 20,2 kgfm a 4.000 rpm. Segundo a fabricante, o novo modelo ficou 12% mais potente e tem 13% mais “torcudo” que a geração anterior. O câmbio é sempre automático do tipo CVT.

A versão de entrada na América do Norte é a S X-Tronic , que conta com sistema automático de frenagem de emergência (capaz de detectar pedestres) e alerta de ponto-cego. O modelo intermediário, SV X-Tronic , inclui rodas de liga-leve aro 16, sistema de partida por botão e integração da central multimídia com Apple CarPlay. Já o modelo topo de linha, SR X-Tronic , tem rodas de liga-leve aro 18, faróis em LED e detalhes escurecidos na grade dianteira.

Muitos lançamentos em 2021

Nissan X-Trail
Divulgação
Nissan X-Trail também está nos planos da fabricante japonesa para o Brasil

Apesar do interesse em trazer o novo Nissan Sentra para o Brasil, a fabricante pretende reforçar sua participação na categoria dos SUVs. Em 2018, a marca apresentou o X-Trail híbrido no Salão do Automóvel para avaliar a resposta do público. Com o lançamento da nova geração no ano passado, a marca tem sinal verde para efetuar o plano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários