E-GMP
Divulgação
Plataforma E-GMP será usada em elétricos da Hyundai, Kia e Genesis


O Grupo Hyundai — que atualmente reúne as marcas Hyundai, Kia e Genesis — apresentou a E-GMP (sigla em inglês para Plataforma Modular Elétrica-Global), a primeira base desenvolvida pela empresa sul-coreana especificamente para uso em veículos elétricos. 


De acordo com a Hyundai , a principal vantagem da E-GMP em relação a uma plataforma convencional adaptada para uso em carros elétricos está em pontos como o melhor comportamento dinâmico do veículo, a possibilidade de melhor aproveitamento do espaço interno da carroceria e a maior área para as baterias, que são arranjadas em um módulo padronizado e permitem a produção de automóveis com mais de 500 km de autonomia.

Como já é comum em outros projetos de plataformas modulares, a padronização de componentes permite que esse tipo de base seja versátil. No caso da E-GMP, ela foi projetada para uso de tração traseira e integral e poderá ser utilizada em veículos de várias categorias, de SUV s a sedãs, passando por modelos de alto desempenho que sejam capazes de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e atingir 260 km/h.


A E-GMP irá trazer inovações também para a recarga das baterias. O sistema motriz — centrado em um motor, transmissão e inversor — usa componentes bivolt. Isso permite a recarga rápida por padrão em equipamentos de 800 V, ao mesmo tempo em que há suporte também aos carregador de 400 V sem a necessidade de adaptadores.

A nova plataforma da Hyundai irá permitir também que o carro seja capaz de fornecer energia para equipamentos elétricos de 110 V ou 220 V ou até recarregar as baterias do conjunto motriz de outros automóveis elétricos.

A base fará a sua estreia em 2021, no SUV Hyundai Ioniq 5 e em um outro modelo da Kia. A tecnologia é peça fundamental na estratégia do grupo industrial de chegar a 2025 com um portfólio de 23 carros elétricos e mais de 1 milhão de veículos deste tipo comercializados no mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários