Poucas coisas subiram tanto de preço nos últimos anos como automóveis zero quilômetro. Nem parece que, em meados de 2009, o Fiat Mille era o carro mais barato do Brasil, partindo de R$ 23 mil. Em 2020, o menor valor que você terá que desembolsar para ter um veículo novo estará na faixa de R$ 39 mil.

Partindo disso, a reportagem do IG Carros lista os 5 veículos mais baratos para aqueles que querem gastar pouco sem dispensar o prazer de ser o primeiro dono. Também incluímos os preços dos modelos durante o lançamento, para ter uma base de comparação sobre como eles ficaram mais caros em tão pouco tempo. Acompanhe!

1 - Renault Kwid Life - R$ 39.390

Renault Kwid
Roberto Assunção
Renault Kwid é considerado o "SUV dos compactos" pelo design de crossover

O Renault Kwid Life é o carro mais barato do Brasil, partindo de R$ 39.390 na versão Life. Seu preço subiu bastante desde 2017, quando era tabelado em R$ 29.990 nas concessionárias. Apesar de ser um carro básico, tem o trunfo de contar com quatro airbags (frontais e laterais).

Seu motor é 1.0 da família SCe, desenvolvendo 70 cv de potência a 5.500 rpm e 9,8 kgfm a 4.250 rpm, com transmissão manual, de cinco marchas. O principal trunfo do subcompacto é o consumo de combustível, podendo aferir 10,3 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada com etanol, além de 14,9 km/l na cidade e 15,6 km/l na estrada com gasolina, segundo o Inmetro.

2 - VW Up! MPI - R$ 49.590

Volkswagen Up!
Divulgação
Volkswagen Up! se destaca pela praticidade, mas passa por maus bocados no mercado nacional

O Volkswagen Up! está por um triz no Brasil. Apesar de ser uma ótima ideia e um veículo muito bem estruturado, sucesso de crítica, ele nunca vendeu tão pouco como em 2020. O hatch parte de R$ 49.590 na versão básica MPI, com motor 1.0 aspirado. Seu valor de entrada durante o lançamento em 2014 ficava na faixa de R$ 26 mil; logo, sua versão de entrada praticamente dobrou de preço em seis anos.

O compacto desenvolve 82 cv de potência a 6.250 rpm e 10,4 kgfm a 3.000 rpm, com câmbio manual de cinco velocidades. Apesar de ser a versão “pelada”, conta com computador de bordo, volante multifuncional e rádio simples com conexão Bluetooth e USB. Na Argentina, infelizmente, já deixou de ser vendido.

3 - Hyundai HB20 Sense - R$ 50.990

Hyundai HB20
Divulgação
Hyundai HB20 continua ocupando posições de destaque no ranking dos mais vendidos do Brasil

Lançado em 2019, o HB20 Sense é o projeto mais novo que você poderá comprar pelo mínimo de dinheiro no fim do ano. A versão com motor 1.0 aspirado parte de R$ 50.990 nas concessionárias da Hyundai, sendo que seu valor de lançamento em 2019 era R$ 46.490.

O hatch coreano entrega 80 cv de potência a 6.000 rpm e 10,2 kgfm a 4.500 rpm, com transmissão manual de cinco velocidades. Nesta versão, ele ainda não conta com controle de estabilidade e assistente de partida em rampa, itens de segurança vendidos em um pacote separado. No pacote de mídia, há rádio simples com conexão Bluetooth, que pode ser controlado pelo volante multifuncional.

4 - Fiat Mobi Easy - R$ 39.990

Fiat Mobi
Divulgação
Desde que foi lançado em 2016, o Fiat Mobi roubou o lugar do Uno no coração dos brasileiros

Outro modelo que você poderá comprar na faixa dos R$ 40 mil é o Fiat Mobi . Ainda assim, o modelo teve aumento considerável desde 2016, quando foi lançado por R$ 31.900. 

O Mobi tem motor 1.0, de 75 cv e 9,9 kgfm de torque a 3.850 rpm, com transmissão manual de cinco marchas. Trata-se de um veículo extremamente rudimentar, que traz itens básicos como travamento automático das portas e limpador do vidro traseiro como opcionais.

5 - Ford Ka S 1.0 - R$ 51.990

Ford Ka
Roberto Assunção
Ford Ka continua sendo o carro-chefe da montadora americana no Brasil

Quando chegou ao mercado na metade de 2015, o Ford Ka mais barato custava R$ 35.390. A crise veio, e fez a fabricante elevar seu preço para R$ 51.990, deixando-o R$ 16 mil mais caro. Este fator não afetou seu desempenho em vendas, uma vez que o Ka continua aparecendo na lista dos carros mais vendidos do Brasil.

O Ka Hatch S 1.0 desenvolve 85 cv de potência e 10,7 kgfm de torque a 3.500 rpm, com câmbio manual, de cinco marchas. A versão básica conta com direção assistida, ar-condicionado e banco traseiro bipartido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários