VW Golf GTE
Divulgação
VW Golf GTE da oitava geração tem chances de ser lançado no Brasil

A Volkswagen do Brasil aproveitou a coletiva do balanço de vendas de 2020 que aconteceu nesta semana para revelar um plano ousado. A marca alemã diz que terá 5 veículos eletrificados no país até meados de 2023, como parte de um investimento global de R$ 302 bilhões.

O presidente da Volkswagen , Pablo Di Si, não especificou quais modelos serão lançados no Brasil, nem quantos serão híbridos ou 100% elétricos. Atualmente, a marca não conta com nenhum modelo eletrificado em seu showroom, uma vez que todas as unidades do Golf GTE da sétima geração foram vendidas para uma locadora.

Os novos eletrificados

VW Tiguan
Divulgação
VW Tiguan ganha versão híbrida que poderá ser vendida no Brasil para disputar com futura versão do Compass

Apesar do mistério sobre quais modelos serão lançados no Brasil, alguns veículos têm chances maiores. A nova geração do Golf , por exemplo, foi registrada no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) no começo de 2020, revelando que a marca considera a possibilidade de relançar o modelo híbrido por aqui. A informação ainda não foi confirmada oficialmente.

O Golf GTE da oitava geração tem motor 1.4 turbo de 147 cv de potência, que trabalha em conjunto com uma unidade elétrica de 112 cv, proporcionando a potência conjunta de 242 cv. O hatch é capaz de percorrer a distância de 60 km apenas no modo elétrico.

Outro modelo com grandes chances de se tornar eletrificado no Brasil é o Volkswagen Tiguan , em sua versão eHybrid. O conjunto mecânico é o mesmo do Golf, entregando 245 cv de potência e 40,8 kgfm de torque. Ele será rival do futuro Jeep Compass híbrido, que poderá chegar ao Brasil ainda em 2021.

Entre os veículos elétricos, a Volkswagen deverá apostar no SUV ID.4. O utilitário esportivo tem bateria capaz de armazenar até 77 kWh de energia, proporcionando autonomia máxima de 520 km. O motor elétrico posicionado no eixo traseiro gera força equivalente a 204 cv de potência. Dessa forma, o ID.4 poderá acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima de 160 km/h.

A fabricante também divulgou que o proprietário do ID.4 poderá recarregar até 320 km de autonomia em uma unidade rápida em até 30 minutos. No carregador convencional, o ID.4 pode retomar 85 km na autonomia em cerca de uma hora.

Já entre os veículos comerciais, a Volkswagen também estuda o lançamento do ID.Buzz no Brasil. Trata-se de uma releitura elétrica da Kombi , produzida na Alemanha com conjunto de baterias de 111 kWh. O modelo terá seu lançamento global em 2022.

A Volkswagen conta com outros veículos eletrificados em sua linha global, como o compacto e-Up! , o sedã Passat GTE e o hatch 100% elétrico ID.3 . Estes têm menos chances de serem lançados no Brasil, uma vez que a produção do Up! se aproxima do fim e o Passat foi descontinuado no começo de 2020. Segundo a marca, o ID.3 não é adequado para as ruas brasileiras por ser muito baixo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários