Mclaren Sabre: cada exemplar deverá superar US$ 1 milhão. Supercarro é o mais potente da marca, sem contar os híbridos
Divulgação
Mclaren Sabre: cada exemplar deverá superar US$ 1 milhão. Supercarro é o mais potente da marca, sem contar os híbridos

A McLaren divulga fotos e detalhes do novo superesportivo Sabre, feito com base no Senna , mas sem sistema híbrido e vendido apenas nos EUA. Serão fabricadas somente 15 unidades, todas com motor V8 4.0, de 835 cv e 80 kgfm de toque, números para atingir nada menos que 351 km/h, de acordo com números da fabricante.

O McLaren Sabre é feito com conjunto com a MSO e cada unidade pode ser altamente personalizada para clientes do mercado americano. Além disso, cada um terá direito a fazer um teste no supercarro em pista fechada, com apoio da O ´Gara Motorsport.

Pelas imagens da galeria é possivel notar que o novo McLaren tem pintura de três cores e uma parte aerodinâmica bastante avançada, com enorme aerofólio traseiro, além de extratores e difusores de ar gigantescos.

O interior do Sabre é ainda mais arrojado que no Senna, com cluster digital que se move e centra multimídia com Apple Car Play e tela sensível ao toque. Para completar o pacote arrojado as portas são abertas para cima, recurso que começou a ser utilizado no Lamborghini Countach , no início dos anos 70.

A McLaren disponibilizou um protótipo, ainda com pintura camuflada, para que os clientes pudessem experimentar o supercarro em circuito fechado. Cada exemplar será vendido por algo em torno de US$ 1 millhões, uma vez que o preço oficial ainda não foi divulgado. O Sabre é o modelo mais potente da marca inglesa, sem contar as versões híbridas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários