Troller T4
Divulgação
Fundada em 1995, a Troller é a única fabricante 100% brasileira do restrito segmento de jipes aventureiros disponíveis atualmente no País

O anúncio do encerramento da linha de veículos nacionais da Ford colocaria um ponto final na Troller , a última fabricante brasileira do mercado. Mas segundo o colunista Victor Ximenez, do Diário do Nordeste , o governo do Ceará busca investidores para manter a fábrica da Troller em Horizonte, o que poderia garantir sua sobrevivência. A informação não foi negada pela fabricante americana.

A informação é compatível com a apuração da Auto Esporte, que divulgou que executivos do alto escalão da Troller defendem a venda das operações, ação que pode salvar mais de 470 empregos em Horizonte, além de suas 18 concessionárias espalhadas pelo Brasil. Apesar da expectativa para a venda, ainda não há interessados na aquisição da marca Troller ou de sua fábrica.

O complexo que atualmente produz o aventureiro T4 continuará funcionando até o quarto trimestre de 2021, segundo o comunicado oficial da Ford.

Troller

A Troller foi fundada em 1995 pelo empresário cearense Rogério Farias, com foco na produção de veículos aventureiros. Ao longo de seus primeiros dez anos, a marca se destacou com o lançamento dos modelos RF Sport e T4, atraindo a atenção da Ford em 2007.

A Ford manteve as operações da Troller em Horizonte, mas incorporou departamentos de marketing, pós-vendas e atendimentos à fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Este complexo também foi fechado em 2019 como parte da reestruturação global, colocando fim na vida do hatch Fiesta e da linha de caminhões.

Ford

Ford Escort
Renato Bellote/iG
Duas gerações do Ford Escort, um dos grandes sucessos da fabricante americana no Brasil, onde terá apenas modelos importados

As primeiras movimentações da Ford do Brasil aconteceram em 1919, quando toda a sua linha de veículos (o automóvel T e o caminhão TT) era importada dos Estados Unidos. As operações começaram num armazém na Praça da República, em São Paulo, passando em seguida para o bairro do Bom Retiro. 

Nos anos 50, o galpão da Ford foi movido para a Vila Prudente – e apenas em 1967 foi inaugurada a fábrica de São Bernardo do Campo (SP). De lá, saíram modelos como Escort, Corcel, Belina, Verona, Maverick, Fiesta e Courier.

A Ford produzia os modelos Ka, Ka Sedan e EcoSport na fábrica de Camaçari e o 4x4 Troller T4, em Horizonte, além de operar uma fábrica de motores e transmissões em Taubaté (SP). Nas fábricas de Taubaté e Camaçari, será mantida apenas a produção de autopeças para atender ao mercado de pós-venda. 

“Estamos mudando para um modelo de negócios ágil e enxuto ao encerrar a produção no Brasil, atendendo nossos consumidores com alguns dos produtos mais empolgantes do nosso portfólio global . Vamos também acelerar a disponibilidade dos benefícios trazidos pela conectividade, eletrificação e tecnologias autônomas suprindo, de forma eficaz, a necessidade de veículos ambientalmente mais eficientes e seguros no futuro.”, destacou o CEO da Ford , Jim Farley, em nota divulgada pela empresa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários