Plataforma modular da Foxconn poderá servir de base para carros de várias marcas e tipos de carroceria
Divulgação
Plataforma modular da Foxconn poderá servir de base para carros de várias marcas e tipos de carroceria


A taiwanesa Foxconn , que é a principal fabricante dos eletrônicos da Apple, e o grupo chinês Geely — atual dono da Volvo — anunciam a formação de uma joint venture para projetar e produzir peças, sistemas automotivos e até veículos inteiros para outras empresas.


"Com a liderança em pesquisa, manufatura inteligente e integração entre software e hardware exercida pela Foxconn , as duas partes formam uma parceria complementar que nos permite atender melhor às necessidades de diferentes clientes e oferecer uma cadeia avançada e de baixo custo para a produção de veículos", destacou o presidente da Foxconn Technology Group, Young-way Liu, em comunicado divulgado pela empresa.

Você viu?

O conselho diretor da nova sociedade será formado por cinco executivos, três deles (incluindo o presidente) indicados pela Foxconn e dois pela Geely. Além de montadoras tradicionais — que já recorrem a este tipo de serviço oferecido por empresas como a Magna International, que produz na Áustria carros como o BMW Z4 e o Jaguar I-Pace — o foco da parceria entre Geely e Foxconn é o de atender também às startups do segmento de caronas compartilhadas, desenvolvendo veículos personalizados para atender às demandas dessas companhias.


Com a sociedade, a Foxconn vai poder se beneficiar do conhecimento da Geely na área de desenvolvimento de automóveis, ao mesmo tempo em que ganha acesso às fábricas da montadora chinesa para a produção de veículos sobre a base MIH, uma plataforma modular para carros elétricos que foi criada pela firma de Taiwan com o objetivo de ser o " Android dos carros", numa referência ao sistema operacional desenvolvido pelo Google .

Assim como o Android é visto em smartphones e tablets de diversos fabricantes, a Foxconn acredita que a MIH poderá ser empregada por modelos de várias empresas parceiras do projeto, contribuindo para reduzir os custos de desenvolvimento de um novo carro elétrico.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários