Cruise Origin, o autônomo de uso compartilhado da General Motors será feito com investimento de capital combinado
Divulgação
Cruise Origin, o autônomo de uso compartilhado da General Motors será feito com investimento de capital combinado








A Microsoft, além da GM, Honda e outros investidores anunciam o aporte de US$ 2 bilhões na Cruise, a subsidiária de carros autônomos e compartilhados da General Motors , elevando a avaliação de mercado da empresa para US$ 30 bilhões.

Você viu?


A Cruise , que além da Microsoft tem a montadora japonesa Honda como um dos seus investidores, é a criadora do Origin, um modelo de carro elétrico 100% autônomo. Mostrado como conceito no ano passado, foi projetado para ser empregado apenas em serviços de carros compartilhados, sem venda direta para o consumidor.

"As empresas reunirão sua excelência em engenharia de software e hardware, recursos de computação em nuvem, conhecimento de manufatura e ecossistema de parceiros para transformar o transporte e criar um mundo mais seguro, limpo e acessível para todos", destaca um comunicado divulgado pelas duas empresas.

Ainda em desenvolvimento, o Origin vai ser produzido na fábrica Detroit-Hamtramck (EUA) e será baseado numa nova plataforma baseada na tecnologia de baterias Ultium, as mesmas que serão empregadas na picape Hummer EV , modelo com o qual o elétrico autônomo vai compartilhar a linha de montagem.


Além do uso pela Cruise da Azure, plataforma de computação em nuvem da Microsoft, o acordo prevê que a General Motors tenha a empresa de tecnologia fundada por Bill Gates como provedor preferencial de nuvem para acelerar suas iniciativas de digitalização.

"A Microsoft nos ajudará a acelerar a comercialização dos veículos totalmente elétricos e autônomos da Cruise e ajudará a GM a obter ainda mais benefícios da computação em nuvem à medida que lançamos 30 novos veículos elétricos globalmente até 2025 e criamos novos negócios e serviços para impulsionar o crescimento", destacou a CEO da General Motors , Mary Barra, em um comunicado divulgado pela empresa.

Com este movimento, a Microsoft de certa forma se antecipa a outro acordo entre uma montadora de automóveis e uma empresa de tecnologia. De acordo com a imprensa sul-coreana, a Apple deve firmar ainda no 1º trimestre deste ano uma parceria com a Hyundai para o desenvolvimento e produção do carro autônomo da empresa, que deve ser revelado como conceito em 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários