Participação de marcas alemãs deve continuar crescendo na China, segundo especialistas
Divulgação
Participação de marcas alemãs deve continuar crescendo na China, segundo especialistas

Quatro em cada dez carros alemães novos foram vendidos na China em 2020, aponta um estudo do Centro de Pesquisa Automotiva (CAR) para o jornal Augsburger Allgemeine. As montadoras alemãs Volkswagen , Daimler e BMW venderam 14,16 milhões de veículos no mundo no ano passado, sendo que 5,4 milhões foram adquiridos na China. Para a indústria alemã, a China detém 38,2% do mix de vendas.

A participação da China cresceu significativamente em 2020. Segundo o Augsburger Allgemeine, o Grupo BMW vendeu 33,4% de seus carros novos na China; em 2019, o mix foi de 28,5%. A Daimler vendeu 30,6% de seus veículos na China, na comparação com 25,3% do mix em 2019. Para o Grupo Volkswagen, 40,1% de seus modelos novos fabricados em 2020 foram vendidos na China ao longo de 2020, na comparação com 38,6% em 2019.

“A participação da China entre as montadoras alemãs nunca foi tão alta – e continuará crescendo”, afirma Ferdinand Dudenhöffer, chefe do instituto que liderou o estudo. O executivo também destaca o fortalecimento das marcas alemãs em um ano de queda nas vendas da China, impulsionada pela pandemia do novo coronavírus.

Você viu?

O Grupo BMW e a Daimler viram suas vendas crescerem na China, enquanto o Grupo VW teve retração de 383 mil unidades. Apesar do resultado, o país continua sendo o mercado mais importante da Volkswagen no mundo.

Foco na China

Marcas alemãs continuam apostando alto na China para ampliar o faturamento global
Divulgação
Marcas alemãs continuam apostando alto na China para ampliar o faturamento global

A Smart , uma das fabricantes do Grupo Daimler, anunciou que irá lançar um novo SUV inédito com foco no mercado chinês. “O potencial é vasto, não apenas para a Europa, mas também na China, onde os SUVs são os meios de transporte mais populares”, afirmou Daniel Lescow, vice-presidente da Smart.

Também na China , a BMW iniciou a produção do novo SUV elétrico iX3, feito em joint-venture com a fabricante local Brilliance Automotive . O modelo chegará ao mercado em 2021, como parte do processo de eletrificação da marca na Ásia. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários