Lançado no ano passado na Europa, o  Fiat 500 de 2ª geração, que agora é um carro elétrico, vai marcar o retorno ao Brasil da encarnação mais recente do icônico hatch compacto italiano.


O Fiat 500 remete com seu visual retrô ao modelo original, um minicarro com um motor de dois cilindros que foi produzido na Itália entre 1957 e 1975. Lançado em 2007 no mercado internacional, o 500 atual é produzido na Polônia, embora de 2010 a 2019 tenha sido montado também no México.

No Brasil, o 500 foi oferecido entre 2009 e 2017. Inicialmente trazido da Polônia, passou a vir do México em 2011. Ocasião em que ganhou o motor 1.4 16V com tecnologia MultiAir, de 105 cv, e o 1.4 Fire EVO de 88 cv. Além do hatch comum tivemos as variações Cabrio (com capota de lona) e o esportivo 500 Abarth. Confira abaixo as que nunca foram vendidas oficialmente por aqui.

500 diesel

Fiat 500
Divulgação
Fiat 500


Seguindo uma tendência que vem sendo abandonada na Europa, o Fiat 500 foi lançado por lá com a opção de um motor 1.3 diesel com tecnologia Multijet , capaz de desenvolver 75 cv.

Mas logo no ano seguinte esse propulsor foi substituído pelo Multijet II, também um 1.3 diesel, mas dotado de turbo para desenvolver 95 cv.

Abarth 695 Tributo Ferrari

Abarth 695 Tributo Ferrari
Divulgação
Abarth 695 Tributo Ferrari


Divisão esportiva da Fiat, a Abarth criou em 2010 o modelo 695 Tributo Ferrari, série especial que era uma variação do 500 com mecânica preparada e que prestava uma homenagem à tradicional Casa de Maranello.

Você viu?

Com um motor 1.4 turbo de 180 cv, o Abarth 695 Tributo Ferrari é capaz de atingir 225 km/h e era equipado na fábrica com itens como escape de sonoridade variável, suspensão e freios preparados, e pacote visual exclusivo com bancos esportivos.

500 Vintage '57

Fiat 500 Vintage '57
Divulgação
Fiat 500 Vintage '57


A própria carroceria do 500 já era uma homenagem direta ao seu ancestral nascido em 1957. Mas em 2015 a Fiat decidiu que poderia ir além em seu tributo ao carro original e mostrou a série especial Vintage '57 .

Com a carroceria pintada em azul pastel, trazia interior com painel branco e bancos de couro em marrom e branco. No exterior, o destaque eram as rodas de liga leve com desenho inspirado nas rodas simples de aço com calotinha central do 500 original.

500C Riva

Fiat 500C Riva
Divulgação
Fiat 500C Riva


A 1ª geração do "novo" Fiat 500 recebeu uma reestilização em 2015, quando ganhou uma atualização no visual externo e interno, passado a oferecer pela primeira vez uma central multimídia.

Uma das séries especiais dessa nova leva é a Riva . Feita em parceria com um fabricante de iates de luxo, traz um interior com vários detalhes de acabamento em madeira e bancos de couro em tom marfim.

Abarth 595 Monster Energy Yamaha

Abarth 595 Monster Energy Yamaha
Divulgação
Abarth 595 Monster Energy Yamaha


Outra série especial bem exótica do 500 (ou Abarth 595, como preferir) é a Monster Energy Yamaha, edição limitada lançada em agosto do ano passado e que traz um visual inspirado na moto Yamaha YZR-M1 da Moto GP, que tem como um dos seus pilotos na categoria o italiano Valentino Rossi.

Com pintura da carroceria em azul e preto, o " Fiat 500 " especial traz os logotipos da marca japonesa e da fabricante de bebida energética, além de bancos de tecido no mesmo tom do exterior. O motor 1.4 turbo de 165 cv permite ao hatch atingir 218 km/h e acelerar de 0-100 km/h em 7,3 segundos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários