Xiaomi analisa produção de carro como estratégia para diversificação do negócio
Ana Marques
Xiaomi analisa produção de carro como estratégia para diversificação do negócio


Conhecida pelos seus celulares e smartwatches, a chinesa Xiaomi se prepara para investir também na produção de um automóvel próprio, aponta reportagem publicada pelo site chinês 36 krypton .


A intenção da Xiaomi não é investir em um carro elétrico popular — tipo de veículo comum no país asiático —, mas em um automóvel de media/alta gama. Para isso, busca formar parcerias com montadoras já estabelecidas, dentre as quais a BYD, que atualmente oferece no mercado brasileiro o sedã e5 e o furgão eT3.

Você viu?

Caso as negociações tenham sucesso, a ideia é que o projeto do carro comece entre abril e maio deste ano. Recentemente, a Xiaomi foi incluída pelos Estados Unidos em uma lista de empresas banidas de atuar no país por conta de seu suposto envolvimento com os militares chineses.

Embora o bloqueio tenha sido suspenso temporariamente, a publicação destaca que a produção de automóveis é considerado pela Xiaomi um dos principais "planos B" da empresa. Caso tenha sucesso, esta não será a primeira vez em que a Xiaomi faz uma investida no mercado automotivo. Em 2019, a empresa se uniu com a fabricante local Bestune para criar a sua versão própria do SUV T77, que foi comercializada pela submarca Redmi no mercado chinês

Dos eletrônicos para os carros

Sony Vision-S: modelo elétrico que está sendo desenvolvido em parceria com a Magna International
Divulgação
Sony Vision-S: modelo elétrico que está sendo desenvolvido em parceria com a Magna International


Além da Xiaomi, outras empresas asiáticas do ramo eletrônico também estão apostando no mercado automobilístico. Famosa como fabricante dos eletrônicos da Apple, a taiwanesa Foxconn  anunciou recentemente uma joint venture com a chinesa Geely para desenvolver a plataforma modular MIH, criada para ser facilmente personalizada para uso em veículos de vários tipos e marcas.

Já a japonesa Sony trabalha em parceria com a canadense Magna International para desenvolver o carro elétrico Vision-S. O primeiro protótipo do modelo foi construído em dezembro do ano passado e o veículo já está em testes na Europa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários