BMW iX, o primeiro SUV 100% elétrico da fabricante alemã
Divulgação
BMW iX, o primeiro SUV 100% elétrico da fabricante alemã

A BMW anunciou o investimento de US$ 300 milhões na província argentina de Catamarca, próxima à fronteira com o Chile, para a extração de lítio. O componente é fundamental para a fabricação de baterias para carros elétricos .

Dessa forma, modelos eletrificados de BMW , Mini , Rolls-Royce e BMW Motorrad passam a contar com o lítio argentino em sua composição. A extração do componente ficará por conta da mineradora americana Livent, enquanto a BMW estará encarregada de processar o material e produzir as baterias.

“O lítio é um dos materiais chave para a eletromobilidade . Com a parceria do governo argentino, nos fortalecemos geograficamente e politicamente para depender menos de fornecedores terceirizados”, alega o diretor da BMW, Andreas Wendt. Localizada nas proximidades da Cordilheira dos Andes, a reserva de lítio de Catamarca é uma das mais ricas e puras do mundo. 

Até 2025, o Grupo BMW pretende aumentar o volume de vendas de carros elétricos em 50% ao ano. Ao fim do período, a marca espera ter mais de dois milhões de automóveis elétricos circulando em todo o mundo. 

Curiosamente, a BMW não oferece carros híbridos para o mercado argentino – mas segundo o site Autoblog, isso deve mudar com o anúncio do novo investimento no país. Mais informações serão reveladas à imprensa local na próxima semana.

Eletrificação no Brasil

A Tesla anunciou em 2020 que está trabalhando no desenvolvimento de um novo tipo de bateria para carros elétricos . Diferentemente dos modelos atuais, que contam com conjuntos de baterias de lítio , a fabricante americana projeta um novo tipo de componente que utiliza níquel . O Brasil é o principal produtor desta matéria-prima no mundo, tendo a mineradora Vale como a grande negociante. 

Segundo a Tesla , baterias feitas de níquel podem proporcionar o desenvolvimento de veículos elétricos mais ágeis e eficientes. O CEO da fabricante, Elon Musk, afirma que o componente ainda é caro, o que impede a sua popularização.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários