Peugeot 308 híbrido plug-in tem motor a combustão e outro elétrico que pode ser plugado na tomada
Divulgação
Peugeot 308 híbrido plug-in tem motor a combustão e outro elétrico que pode ser plugado na tomada

A Peugeot confirma que está desenvolvendo uma versão elétrica do hatch 308 para compor sua linha ao lado dos modelos a gasolina, diesel e híbridos, mas descarta novas versões esportivas. As informações são do site britânico Autocar.

“Queremos dar o poder de escolha aos clientes, pois o mercado está evoluindo muito rápido”, diz o chefe de desenvolvimento da Peugeot , Jerome Micheron. “Estamos lançando o 308 com motores a combustão e híbridos, mas já temos planos para uma versão elétrica inédita”.

O Peugeot 308 é feito sob a mesma plataforma EMP2 de outros modelos do Grupo PSA. Dessa forma, a Autocar repercute que o modelo elétrico deverá surgir com a mesma mecânica de Citroën Spacetourer e Opel Vivaro . O hatch eletrificado pode entregar em torno de 134 cv de potência e 26 kgfm de torque, com conjunto de baterias de 50 KW nas versões de entrada e 75 kW nos modelos mais equipados.

A Peugeot , hoje controlada pelo Grupo Stellantis , não considera que versões esportivas do 308 sejam rentáveis. Segundo o chefe de projeto, o segmento está em queda com as novas leis de emissões de gases tóxicos.

“O mercado está encolhendo de forma significante. Até consideramos versões esportivas, mas não vemos espaço para um motores mais potentes. As novas regras ecológicas criam limitações”, diz Jerome Micheron.

Peugeot 308 no Brasil

O 308 estreou no Brasil em 2012, com produção na Argentina. Apesar do design moderno e o motor 1.6 THP que proporciona 165 cv de potência, o hatch agonizou nas vendas com a queda constante do segmento dos hatches médios durante a década. 

Em fevereiro de 2019, a Peugeot confirmou o fim das importações do 308 para o Brasil. A fabricante explicou que concentraria seus esforços em modelos de maior apelo, como os SUVs 2008, 3008 e 5008. Não há qualquer perspectiva de que a nova geração será vendida por aqui. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários