Renault 5 Prototype e Luca de Meo, diretor executivo da Renault, marca que entra em uma nova no mercado global
Divulgação
Renault 5 Prototype e Luca de Meo, diretor executivo da Renault, marca que entra em uma nova no mercado global

Durante uma live ocorrida hoje (6/5), a Renault fez uma apresentação mundial da sua nova era, através de como trabalhará com cada mercado. A apresentação com o tema "Nouvelle Vague" , ou "Sinal da Mudança" denuncia que a empresa francesa quer revolucionar a sua participação em cada mercado, incluindo o Brasil, e adotará uma estratégia diferente à do mercado europeu.

O novo logo da montadora reforça bem essa tendência e vai de encontro com a nova ofensiva de produtos. Outro dos temas abordados, O Melhor da Tecnologia em Nosso "Voitures à Vivre", carros para viver se traduzido ao pé da letra, reforça a nova linha de veículos híbridos através da tecnologia E-Tech para a linha Captur E-Tech Hybrid & Mégane E-Tech Plug-in Hybrid.

Outro modelo apresentado foi o Arkana , confirmado para o mercado europeu no fim de 2020 e que, inclusive, foi cotado para o mercado brasileiro, mas sem data definida. Na Europa, a previsão é de que o novo veículo seja vendido dentro dos próximos meses e será oferecido com motorização híbrida.

Fora o motor 1.3 turbo nas versões híbridas-leve (140 e 160 cv), o SUV será comercializado com uma unidade 1.6 E-Tech híbrida, utilizada nos veículos Captur e Mégane .

Falando especificamente do mercado brasileiro , o vice-presidente sênior de Vendas e Operações da Renault, Fabrice Cambolive, disse que o Brasil, assim como a Rússia e Índia, é um dos mercados de grande importância para a marca, e que tem tudo para entrar para uma nova era, considerando a sua grande potência para a montadora francesa, e afirma que novos produtos chegarão a partir de 2023.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários