Nissan Sentra deixou de ser oferecido no Brasil no início desta semana; outros modelos devem seguir mesmo caminho
Divulgação
Nissan Sentra deixou de ser oferecido no Brasil no início desta semana; outros modelos devem seguir mesmo caminho

O Chevrolet Monza foi o carro mais vendido do Brasil por três anos consecutivos, entre 1984 e 1986, sempre seguido pelo Volkswagen Santana. Estes dois sedãs médios resumem bem o interesse do brasileiro ao fim da ditadura militar: carros espaçosos, modernos e bem equipados.

A paixão pelos sedãs médios continuou na década seguinte, impulsionada pela chegada de modelos importados como o Honda Civic e o Toyota Corolla. No segmento de luxo, o trio de ferro alemão apostava nos sedãs BMW Série 3, Audi A4 e Mercedes-Benz Classe C. O sonho de qualquer um durante os anos 90 era ter um entre estes cinco modelos.

A tendência dos sedãs médios seguiu firme pelos anos 2000, onde Vectra, Jetta e C4 Pallas garantiram boas posições entre os modelos mais vendidos no Brasil, porém sempre atrás da dupla japonesa Civic e Corolla.

Motivos

Hoje temos um novo tipo de cliente quebrando a tradição que durou mais de três décadas. As crianças que andavam no banco de trás do Monza ou do Santana nos anos 80 cresceram, e hoje preferem Tracker e T-Cross.

Você viu?

São vários os motivos que levam um consumidor a optar pelos SUVs . Um deles é o “ponto H” mais elevado, que garante melhor visibilidade e até mais tempo de reação para o motorista. O ângulo de entrada e a suspensão mais elevada também proporcionam uma rodagem mais confortável nas ruas brasileiras, que nunca foram exemplo de conservação. 

Além do Nissan Sentra e do Citroën C4 Lounge , que deixaram de ser vendidos no Brasil, outros dois sedãs médios correm o sério risco de saírem do mercado brasileiro. Um deles é o  Honda Civic, cuja nova geração acaba de ser apresentada e que deve parar de ser fabricado em Sumaré (SP). Outro é o Chevrolet Cruze , que só é feito na Argentina, onde logo vai ser substituído  por outro modelo.

No Brasil, hoje em dia, apenas o Toyota Corolla se destaca nas vendas entre os sedãs médios, pelo menos até a versão Cross , não conquistar mais clientes dispostos a trocar o sedã pelo SUV.

E você, está disposto a largar os sedãs médios para comprar um SUV? Responda nos comentários ou em nosso perfil no Instagram .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários