Ford GT40 1969 foi o último exemplar feito e deverá ser arrematado por mais do que US$ 2,5 milhões, ou quase R$ 14 milhões
Divulgação
Ford GT40 1969 foi o último exemplar feito e deverá ser arrematado por mais do que US$ 2,5 milhões, ou quase R$ 14 milhões

A última unidade produzida em 1969 do norte-americano Ford GT40 será leiloado nos EUA. Construído entre 1964 e 1969, ele é um dos mais importantes de todos os tempos e foi desenvolvido com o objetivo de vencer a Ferrari, que até então reinava as corridas de resistência na época.

O bólido de corrida - equipado com um motor Ford V-8 de 4,9 litros -  após sua sequência de vitórias na prova das 24 Horas de Le Mans recebeu o apelido de "matador de Ferraris".

O F ord GT40 fabricado em 1969, pintado na combinação de cores azul e branco está na mira de muitos potenciais colecionadores que geralmente buscam pela primeira unidade produzida, quando se trata de automóveis historicamente importantes.

Esportivo foi fabricado com motor V8 e diversas litragens entre 1964 e 1969, com uma trajetória brilhante nas pistas
Dilvugação
Esportivo foi fabricado com motor V8 e diversas litragens entre 1964 e 1969, com uma trajetória brilhante nas pistas

A unidade é a de número 105 do montante produzido no ano de 1969 de chassis P / 1085, e foi entregue ao primeiro dono, Sir Malcolm Guthrie no Reino Unido. Após a aquisição, o exemplar foi armazenado em um galpão junto a outras raridades do inglês, onde permaneceu até então.  O esportivo passou por uma rigorosa restauração e está finalizando a pintura JWA “Gulf Spec” de época.

Você viu?

A licitação online para o último GT40 será aberta a partir do dia 11 e vai até o dia 18 de junho. De acordo com a Gooding & Company que está organizando o leilão, o esportivo deverá ser vendido por valores muito acima de US$ 2,5 milhões, algo em torno de R$ 13.150.000 em conversão direta.

Méritos do GT40

Réplica do Ford GT40 feita pela empresa Americar
Reprodução/Flickr
Réplica do Ford GT40 feita pela empresa Americar

O Ford GT40 se sagrou vitorioso por quatro vezes na prova 24 Horas de Le Mans, na França entre 1966 e 1969. Além de destronar o domínio da Ferrari , foi dele o mérito de ser o representante de uma empresa norte-americana a vencer de forma invicta todas as vezes em que participou.

No Brasil, o GT40 disputou pelo Campeonato Carioca de Automobilismo, em 1969. Algumas réplicas do superesportivo da Ford foram fabricadas no país pela empresa Americar , com motor V8 e chassi tubular e carroceria de fibra de vidro. Na foto acima, um exemplar com a lendária pintura retrô da patrocinadora Gulf Oil , em tons de azul e laranja.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários