Baixa procura pelo segmento de utilitários, decretou o fim da produção da picape na Europa, onde se chama Navara
Divulgação
Baixa procura pelo segmento de utilitários, decretou o fim da produção da picape na Europa, onde se chama Navara

Redesenhado para o ano modelo de 2021 na África do Sul e na América do Sul, o Nissan Navara , a Frontier que conhecemos por aqui, não está indo muito bem na União Europeia com base nos números de vendas. Só no Reino Unido, a picape de médio porte contabilizou 4.730 unidades vendidas em 2020, enquanto o segmento inteiro registrou 116.280 vendas.

De acordo com um comunicado da montadora japonesa, a picape Navara com especificações da UE também encerrará a produção até o final do ano. Em declarações ao Automotive News , um representante confirmou o seu fim já para dezembro de 2021.

O Navara segue praticamente a mesma fórmula que o líder do segmento Ford Ranger e Toyota Hilux. Ele apresenta um motor turbo diesel de quatro cilindros, pode rebocar até 3.500 kg  e a capacidade de carga útil é estimada em 1.315 kg para o chassi de cabine dupla e câmbio manual de seis velocidades e tração integral 4WD.

Nissan Frontier Next: versão atualizada da picape que é vendida atualmente terá uma série de mudanças
Divulgação
Nissan Frontier Next: versão atualizada da picape que é vendida atualmente terá uma série de mudanças

nova geração da Frontier estreia no Estados Unidos no início do segundo semestre, com as opções de cabine estendida ou dupla, com caçamba longa ou curta. Já o sistema de tração pode ser 4x4 com reduzida ou nas rodas traseiras.

A gama inclui também a versão PRO-4X , que além das quatro rodas motrizes traz preparações para melhorar o desempenho no off-road, como diferencial blocante eletrônico e placas metálicas de proteção do assoalho.

Já a  Nissan Frontier  internacional ganhou a sua primeira reestilização no final do ano passado. As vendas da picape com o novo visual começaram em dezembro último, na Tailândia.

E no Brasil?

No Brasil , a picape renovada virá da Argentina , onde foi anunciado investimento de US$ 130 milhões, em agosto de 2020, para a produção da Frontier com uma série de mudanças. Com a pandemia, os planos foram atrasados e o início da produção no país vizinho ainda não tem data para começar. 

Entre as novidades, estão as lanternas de LED, alerta de ponto cego, sistema de frenagem de emergência, entre outros
Divulgação
Entre as novidades, estão as lanternas de LED, alerta de ponto cego, sistema de frenagem de emergência, entre outros




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários